E daí?!



... Alheio ao que dizemos ou cremos; Deus se faz notar...


Antonio Pereira Apon.


Cachoeira.


Você está chateado? Aborrecido? De mau-humor? É... O custo de vida? Problemas de família? Aborrecimentos no trabalho? Falta de trabalho? A política continua uma zona? Os impostos extorsivos? Seu time perdeu novamente? Foi traído? Não foi bem naquela prova? Perdeu alguém muito querido? Quem está usando drogas? A violência?... E daí?!


Mesmo durante as piores tempestades e mesmo nas noites mais longas e escuras, o sol não deixa de bordar seus fios de luz. Ele sabe que tudo passa, segue convicto na sua missão de brilhar, faz a sua parte para dissipar as nuvens e calar a escuridão.


Você tem câncer? AIDS? Tem alguma deficiência? Foi desenganado?.. E daí?


Você não é apenas um corpo! Não permita que sua alma adoeça, seja como o rio que segue sem detença o traçado do seu destino. Luta quando for hora de lutar. Quando já não for hora, quando as forças te faltarem, descobrirá que a morte inexiste e o espírito que você conservou sadio estará despido das dores, pronto para mergulhar no mar do infinito.


Você não acredita em Deus? Está em dúvida?.. E daí?


Tudo é o que é, não o que queremos ou pensamos ser. Esqueça o Deus caricato, criado por religiões mercenárias. Alheio ao que dizemos ou cremos; Deus se faz notar na órbita matemática dos astros, nos processos bioquímicos que garantem nossa vida somática e lhe permitem ler esse texto, na intrincada engenharia da natureza; do protozoário ao ser humano, de uma gota de orvalho à montanha mais imponente... O que importa é que você seja do bem! Sendo do bem, mesmo que você não acredite nelas, as forças do bem te circundarão e um dia a fé florescerá, sem artifícios, subserviência e temores.


Você é do mau? Um "bad boy"? Gosta de pagode?(risos)... E daí?!


"Na natureza nada se perde, tudo se transforma." Demore quanto demorar, você se transformará. Nem as pedras conservam indefinidamente sua rigidez e da rígida pedra, nasce uma magnífica obra de arte. O tempo te aparará as arestas e a ação inexorável das águas da vida polirão sua aridez e mesmo a contragosto, a locomotiva da evolução te arrastará para adiante, no conforto da primeira classe ou num vagão de carga... Depende de você.


Gostou do texto?


Não gostou?...


E daí?! ... ...



(Postado aqui em31 de julho de 2007).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. É....e daí??? eu também gostei!!!
    Meu querido Antonio, você é um arquiteto das palavras, um engenheiro dos sentidos, um médico de almas.
    Com certeza, um homem de muita luz e que está "mandando muito bem o teu recado". Como foi bom nos encontrarmos numa esquina da Vida.
    Monte de beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Inaie!

    E daí???? Que te agradeço a leitura e o ter gostado.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  3. Olá Elzinha!

    E daí???? É que com tantas adjetivações elogiosas, vou terminar com o ego obeso. Rs rs rs...

    Um abração.

    ResponderExcluir
  4. Antonio Querido!

    Gostei muito!
    E daí?...A vida continua!
    Que possamos aparar arestas...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Antonio, como diz uma amigo meu..."beleza pura" muito bom o texto, perfeito para a época que estamos vivendo.
    Temos mais é que ver o lado bom das coisas, o lado ruim deixamos para os pessimistas de plantão.
    Este ano estou desenvolvendo um trabalho justamente nessa área, saber lidar com nossos pensamenteos e crenças no sentido de curarmos d vício do vitimismo, encararmos de frente nossos problemas em busca da cura do corpo e da alma.
    Bom demais te ler, já te desejo um ótimo fim de semana, beijos no coração!

    ResponderExcluir
  6. Oi Antonio adorei o post, você tem as palavras na alma, um construtor de letras. Adorei, e estou seguindo pra voltar mais vezes. Abraço e ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Não vai ficar obeso não...rsrssss e nem precisar de uma lipo no teu ego (achei isso ótimo!!)
    Gosto demais de estar aqui!
    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Olá querido António,

    Se você não é Psicólogo, revela todo o jeito para o ser, para mostrar aos outros, e os convencer de que viver é mesmo bom.
    Limar aresta aqui,limar aresta ali, e eis, que ficaremos uma perfeição.
    E dái, você vai ficar um "gato".
    Bom fim de semana.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  9. E o cotidiano, não pode-se, furtar-se, de tamanhas interrogações.
    Parabens, e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi meu caro,

    E daí vai tudo indo muito bem! A começar pelo texto.

    Daqui também tudo ótimo!

    Os outros não nos entendem? E daí? Rsrsrs

    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Folclore brasileiro em acróstico

Precisa de tinta para escanear?

Anonimato, internet e o anel de Giges

Você não precisa de cerveja para ser feliz

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Pai. Sem ser super, ser “Herói”

Cidadão. Saia da caverna!