Você é sol

 

Você é sol, e a missão de um sol é a de iluminar, independente das nuvens que tentem ofuscar seu brilho, ou da noite que procure desmentir a claridade. As nuvens por mais densas que sejam e a noite por mais longa que se faça parecer, são efêmeras e passageiras.

 

O sol brilha independente do que pensem, do que queiram ou tentem fazer, segue na sua missão de vitalizar, dissipando as nuvens, e no meio da escuridão noturna, demonstra sua força refletindo seu brilho no "espelho" lunar. Minúsculas estrelas, como pequeninos sóis dão o recado da dimensão da sua grandeza.

 

Você é sol, nada nem ninguém pode te deter o brilho; tudo e todos passam, enquanto você escreve sua luminosa história; não tema, não vacile. Você não nasceu para ser refém das situações, você tem a força do fazer e do criar, tem a capacidade de dar à vida as cores que ela deve ter; nunca esqueça de que você é sol, e só as pessoas especiais tem essa capacidade de ser sol. Qualquer um pode ser nuvem ou noite, ser sol é uma dádiva de quem está acima da mesquinhez humana, que trai, mente e destrói.

 

Você é sol, a luz do amor emana do seu íntimo, desdenhando das forças contrárias que devem se recolher à clausura da sua insignificância.

 

 

(Postado aqui em 18 de agosto de 2007).

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Comentários

  1. Minha luz ensolarada só é bela se gratuitamente iluminar-me e resplandecer no meu próximo! Texto mágico, Antonio! Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  2. Muita lindas suas palavras meu bom amigo, tudo façamos para ser Sol e levarmos luz e amor por onde formos.
    Você é Sol, Antonio meu querido, é assim que eu o percebo.
    Beijos e ótima semana,
    Valéria

    ResponderExcluir
  3. Olá estimado António,

    Lindo texto, o seu!
    Que bom que conseguíssemos ser todos sóis e luas.
    A vida, decerto, teria mais luz.

    Boa semana.
    Abraço de luz.

    ResponderExcluir
  4. Oi Antonio,

    Ah, se todo mundo reconhecesse que é sol, o mundo se ofuscaria com tanto brilho.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Antonio Querido!

    Quem dera chegar o dia e o ser humano despertar!
    Enfim,perceberá o "brilho de sua luz"!
    Tenha um lindo dia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. E independente da vontade alheia, ele renasce a cada manhã.

    Sem dúvida uma excelente inspiração.

    Um abraço, Antonio.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Folclore brasileiro em acróstico

Precisa de tinta para escanear?

Anonimato, internet e o anel de Giges

Você não precisa de cerveja para ser feliz

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Amigos não tão virtuais

Pai. Sem ser super, ser “Herói”