A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 11 de agosto de 2012

Para aprender a mentir





O cidadão no analista:

- Doutor, Eu preciso estar aprendendo a mentir.

- Como assim?

- É que eu arrumei um emprego de operador de telemarketing para estar vendendo um monte de bugiganga inútil. Passei em todos os testes, mas na avaliação da capacidade de “enrolar” as vítimas (clientes), me dei mal. Deram-me uma semana para aprender a ser mais convincente, mentir sobre as qualidades das porcarias que vou estar vendendo.

- Mas isso é muito fácil de resolver. Você assiste o horário político?

- Que nada Doutor! Tenho mais o que fazer.

- Mas vou receitar que você assista à propaganda política duas vezes ao dia, durante três dias...

- Três dias?

- É o bastante para transformá-lo num mentiroso funcional. Mais do que isso, pode torná-lo um mitômano crônico, ou até mesmo um político. Aí não tem analista que dê jeito!



(Postado aqui em 4 de setembro de 2008).


Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

12 comentários:

  1. Olá, amigo. Adorei a Crônica! Vc é demais Apon. Que vc tenha um bom domingo! Beijos carinhosos e obrigada pela partilha.

    ResponderExcluir
  2. Olá Antonio querido,
    Gostei muito de sua postagem!
    O aprendizado da mentira, do embuste e da politicagem tem o mesmo significado. Em nossos tempos, mais ainda. Cada vez mais, somos enganados por palavras bonitas e caras-de-pau que não sentem vergonha de falarem e prometerem absurdos, quando sabemos que é tudo para tentarem burlar o povo.
    Que estejamos atentos e que façamos nossa memória funcionar, no momento de votarmos em alguém que poderá representar-nos no futuro.
    Grande beijo, amigo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A política brasileira sempre foi (e continua sendo) uma grande farsa. Até quando? ...

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  3. Gostei demais!Bem propício ao momento.

    Beijos e boa semana,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que junta a vontade de enganar dos políticos, com a acomodação dos eleitores que gostam da enganação e dá no que está aí.

      Boa semana para ti também.

      Excluir
  4. Excelente sua crônica...infelizmente vemos um mundo de mentiras sendo desfilando em nossas caras...
    Boa semana amigo, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mentira tornou-se a grande "verdade" da política.

      Uma boa semana para ti também.

      Excluir
  5. Oi Antônio,

    Esse texto foi postado em 2008, mas mantém atualidade, isso é nada mudou desde essa data, acho que até se agravou.
    Humortística sua postagem, mas com um montão de verdades, sob ela.

    Boa semana.
    Abraços da luz.

    PS: então gostou do meu poema, pois é...luz apagada, braço estendido e mais não digo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo passa. Os costumes... Quanto a sua poesia. Demais mesmo.

      Um abração e bom fim de semana.

      Excluir
  6. Oi, Antonio!

    É como diz o velho ditado " Passa anos, troca as moscas e a "m"
    continua a mesma"!
    Seu texto diz tudo!
    E nós só reclamamos e nada fazemos! As vezes tenho a sensação que estamos todos hipnotizados! Será?!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que a acomodação é maior que qualquer coisa nesse país. O povo foi "adestrado" para perpetuar isso que está aí. Esquerda, centro, direita. Lama do mesmo charco.

      Um abração e bom fim de semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.