A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 4 de julho de 2009

Ter razão






Ter razão
Por: Antonio Pereira (Apon)

Você é daqueles que quer sempre “ter razão”?.. É dessas pessoas que não admitem estar erradas e querem dar a “última palavra”?.. Cuidado!
A violência doméstica, a possessividade, a intolerância, os crimes passionais, muitos erros médicos, diversos acidentes no trabalho e no trânsito... Aconteceram e acontecem por culpa de gente que quer sempre “ter razão”.
Ainquisição, o holocausto nazista, guerras, atentados terroristas, ditaduras (de direita e de esquerda), armas de destruição em massa, o fundamentalismo, a corrupção política, a fome, a deseducação, a insegurança, a epidemia de criminalidade, a miséria, a mentira, a hipocrisia, o fanatismo... Foram e são obras
De quem finge “ter razão”.
A obsessão do “ter razão”, revela um ser, infectado pelo orgulho e a vaidade. O pretenso monopólio do “ter razão”, traveste tiranos e arrogantes de toda espécie, racistas e preconceituosos de todos os matizes, truculentos e belicosos de todos os graus, estelionatários e farsantes de todos os tipos...
Querer sempre “ter razão”, é o caminho mais curto para perder a razão. Ter ou não ter razão, é uma conseqüência do bom ou mal uso do livre arbítrio e do discernimento. Ninguém tem sempre razão, ninguém é perfeito. “ter razão” não é um troféu, um título, um diploma, um prêmio... Procure se melhorar como ser humano, aprender com os seus erros e os dos outros, conheça-se melhor... Logo logo você estará livre da síndrome do “ter razão”. Os cemitérios, as prisões, os sanatórios e os hospitais, estão cheios de quem preferiu “ter razão” do que viver.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://aponarte.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Compartilhe:

0 Comentários::

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.