O servidor e o servido



Não confunda. Não são “farinha do mesmo saco”, “gatos do mesmo balaio”, nem “esterco do mesmo pasto”. O Servidor serve. O imprestável do servido, só se serve. 28 de outubro, é o dia do Servidor público. O dia do servido pode ser 1º de abril, 2 de novembro...


Antonio Pereira Apon.


Cafezinho.

No serviço público, encontramos dois personagens bastante distintos: o servidor e o servido. O primeiro, merece todas as glórias e honrarias, é ele que "carrega nas costas" o município, o estado e a união. O segundo, vive procurando um jeito de ser carregado também.


O servidor prestou concurso para um emprego. O servido arrumou um lugar para se encostar enquanto aguarda a aposentadoria.


O servidor trabalha. O servido vende bijuterias, calcinha... toma cafezinho, vai ali na esquina...


O servidor só falta quando precisa. O servido sempre precisa faltar.


O servidor tem momentos de stress. O servido sofre de TPM crônica e galopante (adora dar umas patadas).


O servidor fica doente como qualquer pessoa. O servido é a grande doença do serviço público.


O servidor cumpre seu horário. O servido vive matando o tempo, fazendo hora... é o último a chegar e o primeiro a sair.


O servidor vê no público a razão do seu serviço. O servido enxerga "um bando de gente chata", a atrapalhar seu ócio.


O servidor procura resolver os problemas. O servido é um dos problemas.


O servidor procura manter o bom humor. O servido é uma grande piada (de mau gosto).


O servidor tem horas de cansaço. O servido é a preguiça em tempo integral.


O servidor planeja suas férias, feriados, licenças... O servido antecipa, prolonga, inventa, enforca...


O servidor faz o que pode. O servido não pode fazer nada.


O servidor faz greve por melhores salários e condições de trabalho. O servido para ir ao shopping, curtir uma praia ou simplesmente fazer o que ele mais gosta, que é não fazer nada.


28 de outubro é dia do servidor público. Esses valorosos trabalhadores que ainda precisam suportar o contrapeso dos servidos.



(Postado aqui em outubro de 2009).


Você também vai gostar de ler:


O Servidor e o Encosto


Fantasm a na repartição pública


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. aDOREI O TEXTO, TEMOS MUITOS SERVIDOS NO MUNICIPIO, GENTE QUE VIVE ESPERANDO SE APOSENTAR, QUE VIVE CHEIO DE ASSUNTOS PESSOAIS PARA RESOLVER, QUE TEM UM PRIMO DISTANTE QUE TA NO HOSPITAL E PRECISA VISITAR, QUE MATA A MAE E PARENTES PRÓXIMOS( NO DISCURSO) 2 VEZES NO ANO PARA TER UMA FOLGUINHA SEM FALAR O TANTO QUE ADOENCE E PRECISA FZ EXAMES E IR AO MÉDICO. EITA POVO BEM SERVIDO.

    ResponderExcluir
  2. Olá António,

    Totalmente recuperado?
    Engraçadas antíteses, você nos mostra no seu texto.
    É isso mesmo.
    Boa semana.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  3. Olá Luz!

    Estou uns 95% recuperado da gripe. Quanto ao texto: O servido é uma antítese por si só, é o contrário de tudo que se espera.

    Um abração e boa semana para você também.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Com a palavra, a palavra!

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!