A arte (Com mp3)



... a coreografia: Das folhas outonais, do beija-flor à flor beijar, do romance dos casais. A arte é: O teatro do cotidiano...


A arte (mp3)
Antonio Pereira Apon.



Giros nos ares.


É a vida transcrita

em cores, acordes e versos;

formas, traços e gestos.

É a sinfonia:

das ondas beijando a areia,

do pássaro que gorjeia no infinito ,

da chuva que orvalha o coração

na noite vazia.

É a plástica:

da estrela que no zênite cintila,

do alvor e do crepúsculo

no convergir de céu e mar,

do caleidoscópio perfumoso

da poética primavera.

É a coreografia:

das folhas outonais,

do beija-flor à flor beijar,

do romance dos casais.

A arte é:

o teatro do cotidiano,

o drama das relações,

a comédia dos desatinos,

o tudo e o nada

sob a ótica do artista

que cria e recria

sob o influxo da inspiração.



(Postado aqui em 05 de setembro de 2010).





Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Olá, Tonico!

    Que poema tão criativo! A vida é mesmo uma arte. Os passarinhos, que estou escutando, e tua linda e doce voz a engrandecem.

    Abracinho e boa sexta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poooooxxxxxxxaaaaaaa!!! "linda e doce voz"? Finalmente alguém percebeu tamanha virtuosidade laríngea... Kkkkkkkkkkkk... Menos, minha amiga Céuzinha.

      Um abracito, buena sexta.

      Excluir
    2. "Homi" (rs) não é de ferro, né (rs)? Vês como é gostoso ler palavrinhas doces e sinceras?
      Muitos já conhecem a doçura de tua voz. Não sejas modesto, em excesso.
      É da laringe, da faringe e da traqueia, meu minino (rs).
      Ah, Sr. Prof! Ceuzinha, não é uma palavra acentuada, pelo menos por cá, porque as palavras que derivam das acentuadas, perdem o acento. Ex: pé-pezinho; café-cafezinho. Aposentadoria ou distração?

      Abrazo y una guapíssima sexta.

      Excluir
    3. Eu já te disse: Purtugues noise ja sabe. Agora qué aprendê ingres, franseis... Kkkk... Nem distração nem aposentadoria, foi burrice minha mesmo, estou desaprendendo essas minudências do português. É que ando mais atido em minha bela voz. Kkkkkkkk...

      Inté! Bão fim de semana pra tú.

      Excluir
  2. Lindo poema/poesia com o som dos pássaros e sua declamação!
    Cada verso diz tudo do que é a Arte!
    Amei ler, sentir, perceber e ouvir!
    Abraços apertados meu amigo Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a arte de Deus implícita na natureza, inspirando nossa tentativa de arte humana.

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Precisa de tinta para escanear?

Folclore brasileiro em acróstico

Anonimato, internet e o anel de Giges

Você não precisa de cerveja para ser feliz

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Amigos não tão virtuais

Pai. Sem ser super, ser “Herói”