De onde? (Com mp3)



... viver e do morrer, do sorrir, do sofrer; ser ou não ser uma eterna questão. De onde vem inspiração? ... Do coturno e do fuzil, da fé e do desalinho de quem perdeu o rumo da...


Pessoas andando.


De onde vem inspiração?..

vem do sol e vem da lua,

do mar, vem da rua;

está no encanto da mulher,

no sorriso da criança;

vem da dor, da bonança...

de onde vem inspiração?..

da flor que dá perfume à vida,

do suor que rega a lida,

do começo, do que finda...

de onde vem inspiração?..

do viver e do morrer,

do sorrir, do sofrer;

ser ou não ser

uma eterna questão.

De onde vem inspiração? ...

do coturno e do fuzil,

da fé e do desalinho

de quem perdeu

o rumo da esperança.

de onde vem inspiração?..

do duelo insano

entre razão e emoção,

do silêncio e da canção;

vem do sacro e do profano,

do frígido, do orgástico...

de onde vem inspiração?..

do tudo e

do nada,

concreto e abstrato;

de mim, de você,

de todos e de ninguém.

Vem da própria inspiração!

que não precisa

de inspiração para existir.

(Postado aqui em 03 de setembro de 2010).




Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Boa tarde poeta, lindos versos a homenagear a poesia, a inspiração meu amigo vem da alma que transborda cansada das correntes que a prendem ao corpo, obrigada pelo seu carinho em meu blog, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  2. Lido poema, Antonio!

    Vem da vida bem sentida.

    Obrigada pelas felicitações ontem, parabenizo-o também, por blogar com tanta arte e tanto amor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Linda Noite poeta Antonio.Lindo poema a abranger tudo,expressando em um bem
    ímpar,Inspiração vem do Amor.Parabéns.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  4. Olá estimado António,

    Muto grata pelas suas palavras em meu blog. AMIGÃO!
    Boa, nunca tinha pensado nisso. De onde vem a inspiração? Acho, que nasce em nós, e depois toma forma, se desnvolve com o mundo que nos rodeia.
    É tudo e é nada.

    Abraço de muita luz.

    ResponderExcluir
  5. A inspiração vem não sei de onde de dentro da gente, lindo! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Olá Antônio,

    Ela vem do âmago da alma.

    Parabéns pela linda homenagem a esta arte ímpar, a poesia!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Adorei!!!
    Lindo.
    Ja seguindo para não
    te perder.
    Passa la no blog Espelhando,
    sou Catiaho a editora
    e reuno la
    varios bons colunistas blogueiros.
    Te espero la.
    Bjins

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Com a palavra, a palavra!

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!