A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Defesas



Quando feridos

nos escudamos

em nós mesmos;

erguemos muralhas,

levantamos barreiras...

enxergamos algozes em todos.

Entrincheirados na solidão

tememos a dor,

que como um ser dantesco

nos assalta a alma,

ressuscitando fantasmas

como harpias infernais.

Cativos de nossas defesas,

sobrevivemos por trás

desse "front" emocional,

sepultos nesse temor

transmutamos  escudos

em algemas,

abortando na garganta

o que fala o coração;

calando natimortas

coisas que desaprendemos a dizer,

sonhos que deixamos de sonhar,

desejos que deixamos se perder.

Nos defendemos dos outros,

mas quem nos defende

de nós próprios?

de nossas defesas?..

vemos a vida passar

pelas gretas acanhadas,

dessa velha

e enferrujada armadura.

Esterilizamos as emoções,

amordaçamos os sentimentos,

nos iludimos

nessa virtual fortaleza,

nesse exílio voluntário...

eu,

ainda que

sabedor dessas coisas

não consigo dizer...

não sei te dizer... ...

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

0 Comentários::

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.