Atire a pedra



... é nó ou laço, espinho ou flor; é lágrima, orvalho, pedra, asa ou mero amor! ...


Antonio Pereira Apon.


Figuras voando na paisagem. Composição de Antonio Pereira Apon.


O amor:

é nó ou laço,

espinho ou flor;

é lágrima, orvalho,

pedra, asa

ou mero amor!

É céu, inferno,

fogo ou água,

caminho, descaminho

quem não trilhou?

o poeta, o guerreiro,

a prostituta, o padeiro,

o negro, o branco,

o asno, o professor.

Atire a primeira pedra

aquele que nunca amou.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!

Mangue, bordel, Brasil