A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

domingo, 27 de maio de 2012

Destino. Uma obra inacabada



 

Algumas pessoas pensam o destino, como algo pronto e acabado, uma inapelável sentença, inexorável determinismo, "prato feito", inalterável roteiro a seguir. O destino é uma obra em aberto! A incógnita nossa de cada dia, a resultante de nossas interações. O destino não cabe numa ciência exata, tem a inexata condição humana. É a sinopse da novela que estamos a escrever (e reescrever), o folhetim do nosso existir.

 

Nosso livre-arbítrio. Nossos erros e acertos, nossas idas e vindas é que vão compondo nosso destino, somos autores, diretores e atores do nosso desiderato. Ninguém pode viver a nossa vida, nosso intransferível papel. Não dá para terceirizar nosso protagonismo ou "coadjuvância".

 

Deus, como um bom "produtor", providenciou o necessário para nosso êxito. Podemos não ter tudo o que queremos, mas com certeza, dispomos do que verdadeiramente precisamos. Não há mágicas, dublês nem efeitos especiais. Há o nosso fazer (ou não)!

 

Sonhos são anteprojetos da realidade, não os devemos confundir com fantasias, utopias e ilusões. Não nos devemos distrair com as miragens do orgulho, os narcóticos da presunção e da vaidade, nem delirarmos no egoísmo e na indiferença. Nada de exagerar no improviso ou malbaratar o tempo. A vida não espera por quem empaca na espera.

 

O passado está escrito! O hoje e o amanhã...

 

 

(Postado aqui em 25 de janeiro de 2011).

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

2 comentários:

  1. Querido Antonio,

    Concordo amigo.Um excelente texto de reflexão.Obrigada


    Uma feliz semana. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Antonio,
    Belíssima postagem! O dia de amanhã é construído a partir de nosso hoje. Nada está, como você diz, pronto antecipadamente. Cabe a nós com nosso livre arbítrio, redigir nossos papéis para o futuro, para o amanhã. Somos os protagonistas dessa história escrita exclusivamente por e para nós.
    Um grande e afetuoso beijo, querido.
    P.S.: Estive, por algum tempo, ausente da telinha e do blog, devido a um problema com doença na família (minha mãe hospitalizou-se por conta de uma trombose no pé direito, o que acabou levando-a à amputação da perna. Agora, já está tudo bem, Graças a Deus e, assim, estou retornando às normais visitas a meus amigos blogueiros).
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.