A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Amor urbanoide





... plugada, eletrificada... O mundo emoldurado na telinha. Tudo perto, sem demora. Sem silêncio muito, sem comodidade pouca...


Antonio Pereira Apon.



Mundo dentro da cidade. Composição de Antonio pereira Apon.


Gosto de natureza

Cheiro de mar, perfume de flor...

Cantar de passarinho, todo encanto ribeirinho...

Mas sou bicho urbano!

Faz-me falta a rua e seus burburinhos,

os rumores vizinhos.

Minha "toca" conectada em banda-larga,

plugada, eletrificada...

O mundo emoldurado na telinha.

tudo perto, sem demora.

Sem silêncio muito,

sem comodidade pouca.

O relógio e sua pressa,

o tempo que se apreça...

A vida agendada,

A hora marcada...

As buzinas, os bips, os cliques...

"Modernidade" de asfalto e concreto,

"progresso" inconcreto,

inconcretude do ser.

Hodierna loucura!

Gostar da natureza.

Amar a cidade!



(Postado aqui em 6 de setembro de 2011).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

14 comentários:

  1. Também sou urbana, mas gosto do campo para passear e sentir a natureza... Uma bela poesia gostosa de ler e sentir.

    Obrigada por sua carinhosa visita Apon.

    Deixo um afetuoso abraço em seu coração!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Antônio.Muito bom o que escreveu.Eu também adoro a Natureza, mas não sei se saberia viver sem a comodidade da cidade, onde tudo está logo ao nosso alcance.Será que somos preguiçosos? Rsrsrs!
    Tenho gostado mais e mais de te ler e seguir!
    Beijo grande, e fique com Deus!
    Tenha um excelente dia!

    ResponderExcluir
  3. Oi Regilene!

    Estamos cada vez mais distantes da natureza, cada vez mais urbanos. Reservamos parcos momentos fora dessa rotina moderna.

    Valeu a visita e o comentário!

    ResponderExcluir
  4. Oi Patricia!

    Acho que estamos sofrendo de "imobilidade urbana". kkkkkk...

    Brigadooooo!!!

    Um abração.

    ResponderExcluir
  5. Olá meu querido amigo !!

    Desculpe a demora em vir visitá-lo, mas fui ver minha família, e o seu poema serve bem para ilustrar minha viagem !
    É uma cidade pacata, com muita natureza, silêncio e belas paisagens, um refrigério para o coração, mas confesso que chega um certo momento em que me pego sentindo falta da correria, do barulho e do mundo imediato da virtualidade...
    Gosto dos dois mundos, que bom que podemos de vez em quando equilibrar isso, ruim deve ser quando não é possível ir e vir, apreciando ambas belezas :)
    Adorei como sempre !

    Um enorme abraço e uma linda semana !!! e cá estou eu no meu mundo cibernético...mas já com saudadezinha do ar puro rsrs

    ResponderExcluir
  6. Olá, Antônio! Ponho-me a pensar na praticidade da cidade com toda sua modernidade e a vida saudável do campo... "Eu quero uma casa no campo..." mas, que venha com banda larga / TV a cabo / Freezer / e demais mordomias para que eu possa nela habitar! Sabe... uma vez de posse da modernidade tecnológica, difícil abster-nos! Aproveito para convidá-lo a incentivar o blog recente de um grande amigo escritor/ educador / poeta / filósofo. Segue o link:http://www.textdl.blogspot.com
    Creio que irá gostar também de tê-lo como seguidor!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. Antonio, eu tenho um novo amigo que mora onde não mora ninguem! kkkk no meio do mato literalmente, nao há telefone. Não sei como ele gosta, mas ele disse que tem muito o que fazer durante o dia. Que bom!

    Eu sou muito urbana, apesar de amar a natureza.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá APON,

    Embora goste da natureza, adoro a cor e o cheiro das cidades.
    Preciso de ver gente, trânsito, movimento.

    Beijo de luz.

    ResponderExcluir
  9. Oi Samanta!

    Bom seria se pudéssemos “unir o útil ao agradável”, unir as facilidades da cidade com a natureza. Mas...

    Um abração e um bom feriado.

    ResponderExcluir
  10. Oi Célia!

    Também ando atrás de uma casa dessas urbanoecotecnológica. Quanto ao Blog “Poemas e reflexões”, já estou seguindo e deixei lá meu comentário.

    Um abração e bom feriado.

    ResponderExcluir
  11. Oi Sissym!

    Bom para seu amigo. No segundo dia eu já quero voltar para a “civilização” kkkkk...

    Um abração e bom feriado.

    ResponderExcluir
  12. Oi Luz!
    Eu sou dos que acham que silêncio demais ensurdece. Kkkkkk...

    Um abração e bom feriado.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Antônio.Estou com saudade de ler novidade, espero que você em breve poste.Eu, por exemplo, posto de quatro em quatro dias, pois não sou conhecida o bastante para deixar uma postagem por dois dias e render comentários suficientes.
    Postei hoje, espero por você!
    Um beijo grande, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  14. Olá Patrícia!

    Já fui lá, li e comentei. Por aqui também tem novas postagens.

    Um abração e um bom final de semana.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.