A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Tapeçaria



 

Sonhei que estava entre varias pessoas. Cada uma tecendo o tapete de sua vida:

 

Alguns usavam fios de ilusão e constantemente seus tapetes desfiavam com extrema facilidade. Uns fiavam com esmero, selecionavam os melhores fios e empregavam toda a arte possível, enquanto outros oscilavam seus momentos entre formas grotescas e belíssimas composições.

 

Vi gente largar o seu tapete da vida como um joguete, passando de mão em mão. Encontrei pessoas procurando terceirizar a confecção do seu tapete... Fulano entregava sua incumbência aos humores do acaso, Beltrano protelava, empurrava com a barriga, Sicrano não tinha tempo, andava assoberbado, aqueloutro patrulhava o tecer alheio e esquecia de si... Encontrei também grandes exemplos de cooperação: Amigos, casais, parentes, parceiros, colegas... Unidos ajudando na confecção dos tapetes de seus pares.

 

Em determinado momento do sonho, algumas pessoas eram chamadas para frente de um túnel, onde eram convidadas a desenrolarem, cada uma o seu tapete. Aqueles cujo tapete cobria (ou ultrapassava) toda a extensão do caminho podiam atravessar, andando entre as passagens daquela sua existência terrena. Os demais, não podiam avançar. Mas, também não podiam retornar. Espíritos errantes, a vagar no limiar entre o mundo físico e o imaterial. Tinham que consertar, completar a tapeçaria daquela vida, para poderem concluir a passagem: Iludidos, preguiçosos, negligentes, invejosos, suicidas... Uma horda de insensatos correndo atrás do tempo perdido na embriaguez das distrações.

 

Mas, pude admirar maravilhosas obras de arte e acordei com uma pergunta na cabeça. Uma indagação que faço a mim e a você:

 

- Como anda a tapeçaria da sua vida?

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

13 comentários:

  1. Bom Dia Antonio!

    Que bela metáfora!
    Tenha um lindo dia!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo Antonio,

    Que beleza de texto! Gostei imenso do texto e da reflexão. Obrigada.


    Carinhoso beijo e ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Um texto bem sentido e que nos faz repensar em muitas coisas, meu amigo! Sabe você foi lá no (IN)PERCEPÇÕES e eu acabei de postar ainda agora uma nova história de vida.
    Grata sempre.

    ResponderExcluir
  4. Fantástica reflexão, como sempre Antonio...que maravilha seu texto...além de tão bem escrito, traz uma sabedoria impressionante, uma lucidez admirável...temos que cuidar com muito esmero de nossa tapeçaria amigo, para nosso próprio bem, valorizar todas as aprendizagens que a vida traz, para nosso evolução e despertar.
    Bom final de semana...beijos e paz...
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Minha tapeçaria anda um tanto parada... estressada em seu tear... procurando novos fios... novos padrões de cores... novos modelos... Não me acomodo nunca! Sei que sempre posso mais. Especializar-me na lapidação do meu lado humano-espiritual é o que me move!! Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  6. Olá estimado António,

    Que bom te ter nos escritos!
    Então, hoje, te dedicaste aos tapetes ou melhor, à tapeçaria.
    Temos e fazemos todos, tapetes diferentes, uns os acabam, outros não. Uns ficam, outros avançam.
    Fazes um pergunta e devo te responder, que a minha tapeçaria está se fazendo, com cuidado, prudentemente.
    Mas, olhando ela, gosto dela, muito. Tem muita cor e amor.
    Não sei, se, no entanto passo.
    Bom fim de semana.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  7. Estou fazendo minha tapeçaria com muitas linhas coloridas e busco as paisagens belas...mas existem aqueles dias cansativos então descanso para recomeçar com força total, perseverando nas cores alegres, mesmo que apareça na minha mão cores tristes!!!

    Tenha um Fim de Semana Colorido!!
    Muita Luz!!

    ResponderExcluir
  8. Antonio, que comparação bonita.
    E tão verdadeira, porque a vida pode ser como uma tapeçaria, feita aos poucos, com esmero, se errar um ponto, retroceder e arrumar.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Pois é amigo, cada um, borda os seus bordados, nessa mantra que todos chamamos de vida. Uma metáfora extraordinária. Confesso a voce, que a minha tapeçaria está, amando.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Nossa que maravilha de texto, eu diria uma prosa poética muito bem construída.
    Acho que meu tapete está indo bem mas não tenho certeza absoluta, aliás nunca temos rss mas procuro tecê-lo um pouco a cada dia me esmerando nos detalhes, pra que fique bem firme e sem muitas pontas soltas.
    Beijos á ti e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  11. Olha meu querido Antonio, minha tapeçaria está guardada num baú, no sótão. esquecida, deixada de lado.
    Depois de te ler, fiquei a pensar, como a gente relaxa em certa fase de nossa vida, depois não adianta reclamar, pode ser tarde demais.
    Grande lição de vida tirei de suas palavras.

    Obrigada por dividir com a gente algo de tão bom.

    Beijos de um delicioso final de semana.

    ResponderExcluir
  12. Antônio,
    Sua sensibilidade para poesia me dá arrepios. Você escreve com a alma, é possível sentir isso em cada palavra, em cada frase sua...Parabéns por partilhar estas reflexões profundas e lindas com a gente! Continue a escrever sempre, com certeza você escreve porque te faz bem, mas não equeça, faz bem tbm a muitas outras pessoas que passam por aqui! Um grande abraço e um semana de paz!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá Rê!

    É sempre muito bom, fazer da arte um instrumento para levar coisas boas para as pessoas. Procuro tentar conseguir isso aqui no Blog.

    Um abração.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.