A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



terça-feira, 27 de março de 2012

segunda-feira, 26 de março de 2012

Falarei do amor

 

Não falarei das guerras. Elas denunciam o quão desumano e estupido é o dito ser humano

 

Não falarei do preconceito. Ele é coisa de quem o discernimento, não consegue transcender à órbita do próprio umbigo.

 

Não falarei da morte. Ainda não entendemos a vida, muito menos seus "ritos de passagem".

 

Não falarei da educação, saúde ou segurança pública. São demasiadamente inverossímeis.

 

Não falarei dos Políticos. Grande parte deles afronta a dignidade, prostituindo a ética. Transformando a política num covil

sábado, 24 de março de 2012

O dia em que o sorriso chorou (Acróstico)



...Chico Anysio. Foi estrelar em outros cantos, fazer sorrirem outros tantos...


Carinha choro.


Foi-se Chico

Riso Anysio

    Artista sem par

Nato pensante

Cerebral humor

Inteligente hilário

Sorrisos ao povo legou

Catarse inspiradora

Obstinado criador


Artista com maiúsculo a

Nata do bom fazer

Yes! Brazilian smile

Satírico o brasileiro

Inventor criativo

Onipresente inspiração

quarta-feira, 21 de março de 2012

De onde? (Com mp3)



... viver e do morrer, do sorrir, do sofrer; ser ou não ser uma eterna questão. De onde vem inspiração? ... Do coturno e do fuzil, da fé e do desalinho de quem perdeu o rumo da...


De onde? (mp3)
Antonio Pereira Apon.



Pessoas andando.


De onde vem inspiração? ...
vem do sol e vem da lua,
do mar, vem da rua;
está no encanto da mulher,
no sorriso da criança;
vem da dor, da bonança...
de onde vem inspiração? ...
da flor que dá perfume à vida,
do suor que rega a lida,
do começo, do que finda...
de onde vem inspiração? ...

terça-feira, 20 de março de 2012

Mudar

 

Parado:

 

O corpo adoece,

 

O instrumento desafina,

 

A ferramenta enferruja,

 

A água estagna,

 

O saber emburrece,

 

A máquina emperra,

 

O sonho adormece...

 

A vida é movimento, motivação. Motivar a ação é viver! O existir não espera e o tempo atropela as mentes estacionárias.

 

A inércia mental gesta o vício. O preconceito, a discriminação, racismo, fanatismo, xenofobia, homofobia, maledicência... Nascem de mentalidades paralíticas e retrógradas, cristalizadas na letargia dos mentecaptos. Tudo muda, tudo progride, tudo se transforma sob uma dinâmica e irrefreável força a qual nem as pedras conservam-se incólumes. O pensamento reacionário, obsta, retarda mas não impede os avanços (que o diga a História).

sábado, 17 de março de 2012

Nosso “País das maravilhas”



... sobreviver na apercepção do sentido real da vida. Tornar-se desalmada máquina, programada para a irrealidade dos dias que passam na pressa vazia dos teres, devorando possibilidades...

Antonio Pereira Apon.


Pessoas andando.

Refúgio que nos guarda, da rotina, da ditadura do cotidiano... Tiranos que nos encarceram na "realidade". O onírico seduz, o virtual encanta, o inatingível fascina, o inalcançável atiça... O coração, a alma humana, envereda em suas paisagens mentais para se encontrar em seus desencontros, num lúdico faz de conta, onde tudo é literalmente ideal. A fantasia, a imaginação vivificam nosso Quixote e suas aventuras fantásticas que emprestam poesia à vida.

terça-feira, 13 de março de 2012

O que é...

 

Queremos amar e ser amados, mas, o que é o amor? Certamente, não é essa chama avassaladora que se convencionou chamar de paixão; amor é sintonia, afinidade entre seres no fluxo e refluxo das mais puras emoções. Uns, "amam" com os olhos, outros com o corpo, com a cabeça, o coração, o bolso... Poucos, amam com a alma, e a alma é a essência, o cerne de tudo, inclusive do amor. É facílimo dizer um "eu te amo", viver esse dito é que é verdadeiramente amar; amar o amor que não se desgasta, não azeda, não impõe, não escraviza, não trai, não se esvai...

 

Queremos querer, mas, será que queremos o que precisamos querer? O que hoje aparenta ser bom, amanhã pode se transfigurar em algo catastrófico. Um suposto sonho, pode sem avisos descambar num enorme pesadelo; assim, precisamos conhecer nosso querer, se é realmente importante, se é e será bom e útil. E mais importante ainda do que saber o que queremos é ter a perfeita ciência do que precisamos, pois a vida pouco nos dará do que queremos e sobejará no atendimento das nossas reais necessidades.

 

Queremos viver. Mas, a vida o que é? Claro que não é simplesmente respirar, se nutrir, reproduzir, se locomover, falar... Não basta estar biologicamente funcional para estar vivo, mesmo porque, a vida transcende ao corpo perecível. Viver é compreender e saber usar a dádiva do tempo para aprender, trabalhar, ajudar, crescer, criar...

segunda-feira, 12 de março de 2012

Autoria

 

Viver é ser capaz de transformar, desafiar as dificuldades na construção de soluções, acreditar em si mesmo sem perder a fé em Deus, não temer as adversidades nem deter os passos ante a luta. É preciso municiar o espírito de coragem, perseverança e amor, para o marchar desassombrado aniquilando as nuvens que tentam embotar o brilho do sol das realizações que ilumina de esperanças o sonho de cada dia. Viver é recriar possibilidades, apagando os borrões do passado, para começar a escrever com os versos de hoje, a poesia do amanhã.

 

Nada é impossível para quem tem a certeza a nortear seus objetivos, nada é difícil para quem não perde tempo na lamentação inútil, e "arregaça as mangas" para fazer o que é preciso ser feito.

sábado, 10 de março de 2012

A águia e a águia

 

Uma majestosa águia em seu exuberante voo diário, notou que outra águia voejava acanhada entre árvores, saltitando desajeitada entre pedras.

 

- Tenho te observado. Você não voa além das árvores, fica pulando daqui ali, andando no chão... Tens algum problema?

 

- Não, não tenho nenhum problema. Apenas não gosto de voar.

 

- Mais as águias foram feitas para os grandes voos! Faz parte da nossa natureza!

 

- Na verdade, depois de seguidas quedas, eu desisti de voar nas grandes alturas.

 

- Mas, quem nunca caiu? Cair faz parte do aprendizado...

 

- Eu preferi não me arriscar mais...

 

- Você corre mais riscos vivendo assim. Aqui em baixo você está mais vulnerável ao ataque de predadores. Aqui você é caça, lá em cima, é caçadora!

 

- Estou bem assim!

 

- Você é uma águia, você pode mais! Não se imponha limites imaginários, inexistentes! Você não é um passarinho, uma borboleta, nem um grilo... Você é uma águia!!!

 

- Essa conversa já está me aborrecendo! Deixe-me em paz! Estou bem assim como estou, não preciso de mais nada!

 

- Não seja tão covarde, existe um universo além desse seu mundinho. Tanta coisa a conhecer, tanto a aprender... E você aí encarcerada em seu medo, escrava de si mesma. Quantos dariam tudo para ter as suas possibilidades!

 

- Vaza! Me erra!, Xô carrapato!

sábado, 3 de março de 2012

Uma questão de aplicação



...o dia do "grande investidor" "bater as botas" (botas de couro alemão e designe italiano, mas ele as "bateu") como qualquer pobre mortal. Foi velado com pompa e circunstancia, homenageado por politiqueiros de todos os matizes, empresários, investidores... Até algumas "celebridades" apareceram para encenar a hipocrisia....