A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



quarta-feira, 25 de abril de 2012

Ela é quem manda. Essa tal...





... dias, semanas sem "dar as caras", sem dar notícias. Mas, quando resolve voltar. Faz-se avassaladora, arrebatadora... Excita, ínsita, acarinha, envolve, seduz. É puro gozo, puro...


Antonio Pereira Apon.



Pôr do sol na janela.



Ela só chega quando quer, não tem hora nem dia marcado, ignora agendas e compromissos. Some, se esconde, foge, desaparece sem dar qualquer satisfação. Quando não quer. Não adianta pedir de joelhos, implorar, suplicar. Nem "reza forte" resolve! Pirraça, troça, faz graça, faz pouco caso, desdenha, debocha e não vem.

 

Passa dias, semanas sem "dar as caras", sem dar notícias. Mas, quando resolve voltar. Faz-se avassaladora, arrebatadora... Excita, ínsita, acarinha, envolve, seduz. É puro gozo, puro prazer. Enleva, extasia, embevece, fascina...

 

Mas, temperamental. Quando empaca! Como maltrata essa tal Inspiração.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

8 comentários:

  1. Antonio Querido!

    Só você mesmo! Estou um tanto assim também!
    Se passar lá no meu blog, olha meu post de sexta feira passada.
    ...Estava um lindo dia, e eu sem poesia!
    Mas fazer o que né! Adorei o texto!
    Tenha um ótimo dia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Quanta sabedoria, é mesmo assim, a tal Inspiração é mesmo assim, caprichosa demais!!!
    Quando aparece é bom aproveitar sem nenhuma reserva, sem nenhuma reserva!
    Abraços amigo poeta, lindo seu texto, amei!
    Ivone

    ResponderExcluir
  3. Oi Antonio,

    você descreveu tão sabiamente e tão claramente a nossa amiga indomável, a dona inspiração.

    Queria te agradecer muito pelo carinho expresso ontem na comemoração do meu aniversário.

    Muito obrigada, um abraço forte para você.

    ResponderExcluir
  4. Inspiração quando chega... vem com tudo e realmente não escolhe quem, como, onde e nem o por quê? E, detalhe: exige atendimento.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  5. Oi estimado António,

    Não estava pensando, que se referia à Inspiração.
    Tanto verbo bonito!
    Bem, de facto, tem razão, ela é senhora de nós e nada há a fazer.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  6. Olá meu caro,

    É mesmo temperamental essa tal Inspiração!!!! Eu que o diga! E quando empaca?!!!! Aí não tem jeito... Rsrsrs

    Abraços

    Leila

    ResponderExcluir
  7. Incrível como você conseguiu descrever bem o que acontece...rs
    Adorei!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. A inspiração é assim mesmo,tem dias que cochila um pouco,mas quando volta já vem clareando toda a escuridão que havia enquanto dormia.
    Um lindo domingo,abraço Antônio,=)

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.