A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

domingo, 28 de abril de 2013

Continuar la publicación del plagio de mi poema La piedra




Queridos amigos,


Mi poema: ”La Piedra” circulaba como de autor desconocido o con el nombre de plagiadores. Ahora aparece como de Chaplin, Renato Russo, Fernando Pessoa o sin citar al autor.

El verdadero autor es Antonio Pereira (Apon). Todas las aclaraciones están en:

http://www.aponarte.com.br/2007/08/pedra.html


La forma original del poema es:


O distraído, nela tropeçou,

o bruto a usou como projétil,

o empreendedor, usando-a construiu,

o campônio, cansado da lida,

dela fez assento.

Para os meninos foi brinquedo,

Drummond a poetizou,

Davi matou Golias...

Por fim;

o artista concebeu a mais bela escultura.

Em todos os casos,

a diferença não era a pedra.

Mas o homem.


Esse meu poema: A pedra. Circulava como de autor desconhecido ou com o nome de plagiadores. Agora aparece como de Chaplin, Renato Russo, Fernando Pessoa, sem citar a autoria...<br />O real autor é Antonio Pereira (Apon). Todos os esclarecimentos em:<br />http://www.aponarte.com.br/2007/08/pedra.html


En lo posible, cuento con la colaboración en la divulgación de estas aclaraciones en blogs / sites y redes sociales.


Un gran abrazo

Antonio Pereira (Apon)


Ajude-nos a resgatar a real forma e autoria do nosso poema. Envie-nos o(s) endereço(s) da(s) página(s) onde o encontrou com erro ou omissão do nome do autor.
Você não precisa se identificar (os campos: Nome e E-mail são de preenchimento Opcional).
Após o envio de sua mensagem, nossa página inicial será exibida.


Nome do Remetente:
E-mail do remetente:
Assunto:
Mensagem:

Powered by UOL HOST - Hospedagem de Sites


Compartilhe:

2 comentários:

  1. Isso lhe dá todo direito de uma ação judicial contra plagiadores sem nenhuma consistência... nem como autor muito menos enquanto cidadão! É revoltante!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O plágio é algo abominável. Coisa de gente sem caráter, bandido mesmo. E infelizmente, as pessoas vão reproduzindo os enganos, disseminando equívocos... De forma que fica difícil detectar e diferenciar o criminoso e aquele que inconsequentemente copiou o plágio.

      Um abração e bom final de semana.

      Excluir

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.