A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 31 de agosto de 2013

Deus trabalha em equipe. E você?



... Multiplicando nossas capacidades, ele vem somar, para suprir nossas “incapacidades”: Inspirando, amparando, fortalecendo... Ele está com quem não foge da lida, encara a vida como...


Antonio Pereira Apon.


A Criação de Adão, afresco de Michelangelo.


Ele não gosta da inação contemplativa, da fé caricata; ociosa, estagnada e inoperante. Ele é o verbo criador! Estopim da evolução. Não se enquadra na verborreia ritualista e dogmática, nem no louvor adulatório e fanático. Afinal, o verbo designa uma ação. Não se presta ao religiosismo igrejeiro, que aliena e paralisa, entorpecendo de ilusões e delírios.

domingo, 25 de agosto de 2013

Santiago. Um “Médico escravo”



...não se surpreenda se encontrar clinicando por aí um desses “Escravos de jaleco”... ...Uma comedeira que nos faz lembrar o período escravagista, rememorar as relações entre Senhores e...


Escravo com colar de ferro. (Pintura de Debret).


Desmentindo o mito da prodigiosa medicina cubana, Santiago percebia um miserável salário para clinicar em condições não menos miseráveis na “Ilha dos Castro”. Foi quando, em busca de mais médico, um país estrangeiro, resolveu importar esculápios de Cuba. O Doutor embarcou nessa aventura com outros tantos patrícios, sendo obrigados a deixar para trás suas famílias, talvez como uma garantia ao regime socialista, de que não desertariam. Os salários pagos a ditadura caribenha, em sua maior parte era retida pelo Estado, repassando uma mínima parte aos médicos. Casa e comida, ficavam por conta

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Blogs em acróstico



31 de agosto é o dia do Blog. Nossa homenagem aos amigos Blogueiros, que com seus Blogs, ajudam a escrever uma internet mais inteligente e diversificada.


Palmas.


Blog, diário que logo se fez muito mais:

Literatura, notícia, socialização...

Opúsculo seguido e curtido já antes das redes sociais.

Genuína e virtual expressão.


Blogosfera, esfera do dizer, sentir, pensar;

libelo de razão e emoção,

ostensivo expressar;

global, plural conexão

domingo, 18 de agosto de 2013

Acróstico da impunidade



Uma sociedade justa, consciente, realmente livre e verdadeiramente democrática, não permite que o mal grasse impunemente, debochando da cidadania.


Bandeira do Brasil.


Impune, o mal leveda,

metástase corrupta a se alastrar,

polui, corrói, azeda;

ubiquidade nefasta do dolo,

nulidade legal e ética

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Crônica de uma noite insegura



...o corpo, penhorando a alma. Aqui ou ali uma sirene... Um estampido sobressalta, a Lua a tudo assiste, vem a poesia calar...


Lua.


O sol se põe.

As sombras se alongam,

espalham-se quais soturnos tentáculos,

vão devorando cada resto de dia.

Acendem-se as pálidas luzes de artificio,

intentando imitar as estrelas,

ocultas, camufladas sob a poluição.

A pressa vai pouco a pouco desertando as ruas,

uma aparente calma trafega nesse vazio.

Notívagos arriscam a noite,

meliantes espreitam o alheio;

um sacizeiro fuma seu destino,

outros cheiram, injetam, bebem em desatino.

Trôpegos bêbados tropeçando no nada,

ébrios loucos em máquinas alucinadas;

vão bebendo toda sorte,

até que o “azar” conspira a morte

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Dia do Estudante. Tempo de acreditar



... Vencedores fazem o seu caminho, perdedores reclamam o tamanho da caminhada. Você e mais ninguém pode e deve assinar a autoria do seu destino...


Antonio Pereira Apon.



Balões.


Estudante. Não desista dos seus sonhos. Acredite em você mesmo! Desafie o impossível!


Uns tentarão frustrar as suas expectativas. Falarão das duras dificuldades, dos grandes obstáculos...


Outros te apresentarão motivos para o desânimo. Dirão: "o ensino é deficiente", "pobre não tem vez", "Universidade é para filhinho de papai"...

domingo, 4 de agosto de 2013

Agosto a gosto



É>Um mês como qualquer outro. Com seus bônus e seus ônus, com aquilo que a gente faz. Nem melhor, nem pior. Somente agosto.
Antonio Pereira Apon.



Quebra-cabeça.

Nem bom, nem mau,

igual ou desigual;

apenas agosto.

Nada de azar ou sorte,

fraco, nem forte;

simplesmente agosto.

Hiroshima explodida no Japão,

não foi de agosto o dolo;

mas do poder, insano e tolo.

Agosto é prelúdio de setembro,

assim como dezembro;

prenuncia o janeiro de um ano novo.

Preâmbulo da primavera

ao sul de nossa quase esfera;

crepúsculo do inverno abaixo do equador.

Mês que homenageia o Estudante,

jovem agosto infante,

rascunho do amanhã.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Mais Médico



...Doutor, só de estetoscópio e falação. Vai fingir “mais” medicina, como já se finge que ensina... ...Pobre tem é verminose, quer analgésico pra “astrose” e cálcio pra “astroporose”...


Centro cirurgico.


Manda buscar no estrangeiro,

para arrumar voto ligeiro

e nos salvar da danação.

Pode ser lusitano,

espanhol;

etíope, cubano...

Não precisa ser perfeito,

basta alinhar com o Prefeito,

arranjar a embromação.

Nós aqui de trololó,

manda lá pros cafundó