A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Mais Médico





...Doutor, só de estetoscópio e falação. Vai fingir “mais” medicina, como já se finge que ensina... ...Pobre tem é verminose, quer analgésico pra “astrose” e cálcio pra “astroporose”...


Centro cirurgico.


Manda buscar no estrangeiro,

para arrumar voto ligeiro

e nos salvar da danação.

Pode ser lusitano,

espanhol;

etíope, cubano...

Não precisa ser perfeito,

basta alinhar com o Prefeito,

arranjar a embromação.

Nós aqui de trololó,

manda lá pros cafundó,

Doutor, só de estetoscópio e falação.

Vai fingir “mais” medicina,

como já se finge que ensina,

na pública deseducação.

Falta mamografia?

raio x e endoscopia?

Não tem densitometria?

ressonância nem tomografia?

Pobre tem é verminose,

quer analgésico pra “astrose”

e cálcio pra “astroporose”.

Esqueça a alta complexidade!

se houver mortalidade,

arruma-se um “bolsa caixão”.

Para ganhar o pleito,

finge-se atender o preito

de tanta manifestação.

Se a constituinte não cola,

se plebiscito não rola,

arrola-se outra enrolação.

Médicos, Médicos a mancheia!

E manda o povo votar!


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.

Compartilhe:

4 comentários:

  1. Meu amigo

    Infelizmente não é só no Brasil que o povo é sempre que paga os desmandos dos politicos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, juntamente com a especulação financeira, a politicagem é uma praga globalizada. Particularmente no Brasil, nossos politiqueiros tem se empenhado bastante em contrariar os interesses da população e nos vender um superfaturado país de faz de conta, que só existe na propaganda oficial.

      Um abração.

      Excluir
  2. É preciso pensar na saúde do brasileiro, mas há tanto a se fazer para que todos tenham acesso aos exames com resultados a tempo da próxima consulta, que eu penso que é preciso primeiro aprimorar as condições básicas de atendimento à população. Aproveito para questionar se não haveria a opção de se liberar ao consumidor alguns antibióticos fracos e eficientes (aviados pelos farmacêuticos) ao invés de se permitir que todo e qualquer profissional ligado à área de saúde tenha o poder de receitar medicamentos. São tantos problemas nessa área, que a sua poesia vem e sugere sugestões práticas. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A saúde, como a educação e segurança pública, requerem políticas sérias e responsáveis. Sem factoides eleitoreiros nem politicagem populista. A atenção básica de saúde, não pode continuar nesse criminoso faz de conta, a mercê das invencionices governamentais. O cidadão tem direito, desde o mais elementar tratamento até a mais avançada terapêutica. O dinheiro que banca a bandalheira politiqueira, o "aparelhamento" do Estado, as superfaturadas obras inacabadas, os estádios desnecessários e tantos outros elefantes brancos... Deveria custear o bem estar da população.

      Um abração.

      Excluir

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.