A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Vaso de poesia





Do pouco, o muito; do simples, o complexo. Na poesia: “Em se plantando, tudo dá”.

Antonio Pereira Apon.


Flores e pedras.

Em um vaso;

cabe flores, cabem cores;

cabe um tanto de jardim.

Cabe um que de primavera,

porção de terra da Terra;

cabe um quinhão de mim.

Cabe uma dose de sonho,

parte finita de infinito,

minifúndio para se assenhorear.

Cabe uma fração de vida,

fragmento de lida,

semente a germinar.

Cabe tanto em tão pouco,

cabe até nosso pensar;

em se pensando a gente cria,

se um vaso dá poesia;

que dará poesia plantar?




Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

7 comentários:

  1. Oi, querido Antônio!

    Que imaginação, a de você!

    Vamos plantar poesia em vasos? Ficaremos ricos de alma e coração, e o mundo não será mais mundo, mas um jardim.

    Linda semana, com flores, no olhar.

    Um abração da Luz.

    ResponderExcluir
  2. Antonio que lindo "vaso de poesia"!
    Amei, chegou a primavera, estação climática inspiradora!
    Abraços meu amigo poeta, que tenhas uma linda semana!

    ResponderExcluir
  3. Que bonitos versos, meu caro amigo!
    Poesia sempre rende lindas flores e bons frutos.
    Que a primavera floresça sua imaginação e criatividade!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Antonio!
    Que lindo!
    Certamente, num vaso de poesia desabrocharia sonhos,
    encantos e "impossíveis"!
    Tenha uma linda semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Quantas coisas cabem dentro de um vaso... teria então tamanho o vaso da alma? Acho que não, e isso é o lado bom da vida. Dentro dele cabe tudo o que sonhamos sentir. Um abraço, lindo poema!

    ResponderExcluir
  6. Pois é, meu caro Antonio! O "mundo" teria outro sabor, se plantássemos poesias... Há muita insensibilidade... Crueldade... Desamor! Bela a sua poesia plantada em versos!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  7. Meu querido amigo

    Como o mundo seria diferente se de cada palavra nascesse uma flor...seria um mundo perfeito.
    Lindo como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.