A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 28 de dezembro de 2013

Adeus pessoa velha, feliz pessoa nova



... não vou te desejar um feliz ano novo. Não essa mera formalidade, esse autômato ritual para marcar o início de mais um ciclo da Terra...


Antonio Pereira Apon.


Pessoa saudando o alvorecer.


Uma nova folhinha na parede, um calendário novinho na carteira, uma novíssima agenda na mão; promessas e projetos, pipocando feito fogos no réveillon, sonhos e desejos abundantes como bolhinhas de champanhe. Virada de ano, revirando a razão; emoções intentando reinventar o tempo, pactuar com Cronos o improvisar de um novo recomeço, um trocar de "lâmpadas velhas por novas" como nas mil e uma noites de Aladim e Sherazade.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Quem vai começar um feliz ano novo?



... importância, o valor da união das pessoas, somando para multiplicar e poder melhor dividir...


Antonio Pereira Apon.


Pássaro voando só. Olhos observando.


Bastante significativa a simbologia contida no provérbio: “Uma andorinha só não faz verão”, oriundo de “uma andorinha só não faz primavera”. Frase do filósofo grego Aristóteles, no livro “Ética a Nicômano”. Uma só andorinha, busca outra e outras andorinhas para juntas fugirem do frio e alcançarem o almejado calor do verão. Em se tratando de seres humanos, podemos ainda acrescentar

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

O Príncipe, a verdade e os espelhos



... feitiço só se quebraria se Sua Alteza enxergasse a pura e cristalina verdade, capaz de libertar a todos do julgo da intolerante ignorância...


Antonio Pereira Apon.


Ponte


“...conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Jesus - João 8:32.


Após grande hesitação, aquele Rei permitiu que o Tribunal do Santo Ofício, se instalasse em seu país. Presente na execução de uma jovem, sumariamente condenada pelos inquisidores por crime de feitiçaria. Na verdade, a desafortunada criatura, até ali não fizera nenhum mal, usara seus genuínos dons mediúnicos para o bem. Mas, dotada de uma exuberante beleza, Veritas cometeu o “pecado” de não ceder aos caprichos de um dissoluto Bispo.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Dezembro, fazendo a "conta"



Construindo um feliz ano novo. ... no capítulo mais recente de nossa biografia. Se esse átimo de trezentos e sessenta e poucos dias, nos fez melhores, mais sábios, justos, humildes... O ano que finda, é História. O que começa, é um presente chamado oportunidade.


Antonio Pereira Apon.


Fotos.


Um ano a findar, outro a começar, a vida seguindo na ininterrupta “contabilidade” do existir. O calendário parece nos convidar a fazer um balanço; computar débitos e créditos, lucros e prejuízos, inventariar ativos e passivos, analisar o “fluxo de caixa”, o desempenho das “aplicações”...

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

O diferente igual de cada um



... Antes de reclamar, opinar, julgar, criticar, firmar “certezas”, tomar partido... É bom observar melhor, pensar...


Antonio Pereira Apon.


Ônibus.


Percepção, ponto de vista, olhar, expectativa, interpretação, capacidade, momento... Uma mesma coisa pode ser vista ou entendida de forma diversa por diferentes pessoas. Como naquele caso em que um copo preenchido pela metade, foi apresentado a duas pessoas. Uma descreveu o copo como “meio cheio” o outro o definiu como “meio vazio”. Algum deles estava errado? Há ainda o episódio do palestrante que fazendo um pontinho na lousa, perguntou à assistência o que via. Quase ninguém foi capaz de enxergar nada além do minúsculo ponto...