A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

A vida só anda para frente



... estrada do existir, não tem atalho seguro nem se opta impunimente por uma via marginal. Não adianta tentar usar o acostamento para furar um eventual congestionamento, nem arriscar aquela...


Antonio Pereira Apon.



Estrada ao entardecer.


A vida é uma via de mão única. Não dá para retornar. O tempo só avança! Não retrocede nem pausa. Assim, vamos em frente: Num carro de luxo, num velho fusquinha, de carroça, bicicleta, a pé; tem quem vá de coletivo, ambulância e até mesmo, “mortos-vivos”, passeando em seus carros fúnebres. A quem se demore na beira da estrada, esperando ou escolhendo carona, contemplando a vida dos outros passar.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Pedra, fogo ou água?



... quem, como a água, aprendeu a contornar, encontrar brechas para transpor às pedras. Quando falta um caminho pronto, a água inventa o seu próprio caminho; infiltra-se e gota a gota, segue...


Antonio Pereira Apon.



Grand canion.


Falando sobre comportamento humano, tem gente que vive feito a pedra: Excessivamente rígida, contundente, inflexível, indiferente... Aparentando uma inamovível solidez. Há quem se assemelhe ao fogo: Inclemente, devastador, implacável... Avança atropelando tudo e todos. Uns e outros costumam acharem-se autossuficientes e inatingíveis, improvisando uma onipotência acima dos prosaicos mortais.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sorria. deixe a vida te contagiar



... A vida é um tesouro que não temos o direito de desperdiçar. Ela é o instrumento que dispomos para aprender e realizar. Superar as adversidades...


Antonio Pereira Apon.


Menino e o Cachorro, pintura de Bartholomé Esteban.


Trancado em seu escritório, mostrando aparente calma, aquele homem terminou de escrever um bilhete destinado à sua família. Abril uma gaveta da escrivaninha, de onde tirou uma pistola. Encostou a arma no ouvido e estava pronto para apertar o gatilho, quando risadas vindas da rua chamaram sua atenção. Chegando na janela, observou um maltrapilho catador de materiais recicláveis brincando com dois cachorros. Ele saltitava e gargalhava com grande e contagiante alegria Entre aqueles animais sujos e maltratados...


Após alguns minutos contemplando aquela cena. O cidadão tornou a pistola à gaveta junto com o bilhete, abriu a porta e pediu a um empregado que desce de comer àqueles cães e lhe trouxesse o sorridente personagem.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Questão de opção sexual de cada um



...Não sou advogado, simpatizante e nem vejo com essa tão “natural naturalidade” a “causa gay”, mas defendo o direito de escolha das pessoas, cada um tem...


Felix e Nico se beijando na novela. Foto: Reprodução.


31 de janeiro de 2014. Na novela “Amor à vida”, escrita por Walcyr Carrasco, foi ao ar o (segundo alguns), o primeiro beijo gay masculino da história da TV brasileira, protagonizado pelo regenerado vilão Félix (Mateus Solano) e seu “carneirinho” Niko (Thiago Fragoso). Controvérsias e polemicas à parte, vamos tratar aqui sobre o direito de escolha de cada um e o necessário respeito às diferenças.