A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 1 de fevereiro de 2014

Questão de opção sexual de cada um





...Não sou advogado, simpatizante e nem vejo com essa tão “natural naturalidade” a “causa gay”, mas defendo o direito de escolha das pessoas, cada um tem...


Felix e Nico se beijando na novela. Foto: Reprodução.


31 de janeiro de 2014. Na novela “Amor à vida”, escrita por Walcyr Carrasco, foi ao ar o (segundo alguns), o primeiro beijo gay masculino da história da TV brasileira, protagonizado pelo regenerado vilão Félix (Mateus Solano) e seu “carneirinho” Niko (Thiago Fragoso). Controvérsias e polemicas à parte, vamos tratar aqui sobre o direito de escolha de cada um e o necessário respeito às diferenças.


“Esse pitbull é Lessie”? “Esse boi é vaca”? “esse Kichute é Melissinha”? E daí? O que quem é “tão macho, que seu lado feminino é lésbico”, tem a ver com a homossexualidade alheia? Porque a opção sexual dos outros, incomoda tanto alguns “machões”? Há quem atribua a homofobia, a uma tendência homossexual enrustida. Ou seja, para dissimular um seu lado “colorido”, mantê-lo “trancado com sete chaves” num “armário” com trocentos cadeados, o sujeito resolve posar de babaca porradeiro por ver espelhado em alguém, aquilo que sufoca em si. Não sou advogado, simpatizante e nem vejo com essa tão “natural naturalidade” a “causa gay”, mas defendo o direito de escolha das pessoas, cada um tem seu livre arbítrio. A tacanhez do preconceito deve ser combatida, cada um precisa aprender a cuidar da própria vida e se desocupar de patrulhar a sexualidade alheia. Como diz Caetano em sua musica “A luz de Tieta”:


“...A VIDA É TÃO ESTREITA

NADA DE NOVO AO LUAR

TODO MUNDO QUER SABER

COM QUEM VOCÊ SE DEITA

NADA PODE PROSPERAR...”


Já passou da hora de despirmos a “toga” moralista, que fantasia nossa pretensão de “juízes”, “doutores” do certo e do errado, “catedráticos” no comportamento e na moral alheia. Qual “sepulcros caiados” Vivemos a exumar a velha hipocrisia igrejeira, que demoniza, superlativa as pretensas “faltas” dos outros e joga sob “imaculado” tapete, inconfessáveis pecados.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.

Compartilhe:

8 comentários:

  1. Olá, Antonio!
    Parabéns pelo novo visual do blog! Gostei bem mais!
    Quanto ao seu depoimento, reza a lenda que "o macaco senta no próprio rabo e fica fofocando do rabo alheio"... Incrível como sobra tempo para "preocupações alheias" enquanto a própria vida se esvai... Da Igreja, visivelmente "os mantos sagrados" caíram... Isso de longa data... Basta lermos as "sagradas escrituras"... com tapete ou sem tapete... tudo fica bem camuflado! Se cada um cuidar de sua vida, zelar e defender suas opções políticas, religiosas, morais e sexuais, o mundo ficará bem menos poluído... A pior poluição, para mim, é a mental!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei disso: "o macaco senta no próprio rabo e fica fofocando do rabo alheio"... É assim mesmo. Em vez de cada um cuidar do que lhe diz respeito. Fica "O roto, falando do esfarrapado e o sujo do mal lavado". Eta gente hipócrita!

      Que bom você ter gostado do novo visual do Blog. Obrigado.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  2. Amigo Antonio, também gostei do novo visual do blogue, gostei de ler o texto, sim meu amigo, viver a nossa própria vida já é de bom tamanho e nem assim podemos dizer que há todo o tempo para realizarmos os nossos intentos, pelo menos eu tenho muitas coisas a fazer e nada de ficar a olhar ou maldizer a vida alheia, cada um sabe mesmo de si, só é preciso aprender a aceitar o outro e respeitar.
    Acredito até que já está bem aceito a vida amorosa dos gays, pois quem praticamente decide o rumo de uma novela é o público, sendo assim venceu o amor do casal homossexual e pronto, tá tudo bem!
    Abraços meu amigo querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, quem tem o que fazer, não fica bisbilhotando a opção sexual alheia. Concordando ou não, cabe-nos respeitar o que cada um escolhe para sua vida.

      O visual do Blog é dedicado a cada um de vocês amigos e leitores, procuro melhorar sempre. Obrigado.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  3. Oi, Apon! Gostei do novo layout! Olha, fui criada ainda sob o julgo do preconceito, mas há tanta informação disponível para que possamos enxergar as coisas de um outro jeito, nos reconstruir como seres humanos melhor...
    Hoje respeito a opção de cada um e penso que isso não mostra o caráter da pessoa, que e´o que de fato importa, independente de suas opções sexuais. Ótimo texto... um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tive uma criação mais conservadora. Porém, a maturidade nos vai ensinando a respeitar a diversidade, a "não medirmos os outros por nossa medida", cada um é responsável por suas escolhas.

      Que bom. O visual do Blog é pensado para levar o melhor para vocês. Obrigado.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  4. Oi, António!

    Tudo bem?

    Não consigo entender uma relação amorosa entre pessoas do mesmo sexo.

    Para mim, é antinatural. Talvez, e daqui por uns tempos, minha mente mude, porque a mudança acompanha sempre nossas vidas, e quem sabe, aí, talvez aí, eu já pense doutro jeito.

    Bom domingo.

    Aquele abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como coloquei no texto, não vejo o caso com toda essa naturalidade. Mas, as escolhas das pessoas para suas vidas, precisam ser respeitadas. Não cabe-nos julgar. Cada um é responsável pelo que é seu.
      Um abração e uma boa semana.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.