Acróstico da maternidade



Um poema dedicado ao maternal surgir da vida, à mulher no dia comemorativo a todo dia das mães. O poema do viver inspirado por Deus.


Antonio Pereira Apon.


Bebê no colo da mãe.


Mãe, mother, mater;

amor que gesta,

ternura que a vida empresta,

em outra vida gerar;

reluzente, reluz gente,

natural dar de si,

iluminado se dar;

de Deus é mensageira,

artífice do viver,

dedicada, delicada,

esplendorosa mulher.


Superior mandato,

outorgar o viver,

parceria bendita;

realizar,

originar outro ser.


Deus manifesto,

iluminado presente,

vida nascente,

inspirado instante,

natividade,

ode do criador.



Postado aqui em 02 de maio de 2014.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Antonio, lindo seu espaço, visual maravilhoso, o acróstico dedicado às mães é divino, lindo, sua sensibilidade é singular, sempre que aqui venho saio com uma ótima energia, trago a minha e levo a sua, uma troca, pois creia, também sou de energias positivas!
    Amei ler, abraços apertados meu amigo sempre muito querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. A vida deve ser a construção dessa reciprocidade, dessa troca de positividades.

      Um abração e um bom fim de semana.

      Excluir
  2. Oi Antonio!
    Falar de "Mãe" é tão sublime!
    Puro encantamento!
    Tenha um fim de semana muito feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sublime a vida que emana delas. Mães, esses seres especiais.

      Um abração e um bom fim de semana.

      Excluir
  3. Querido amigo, Antonio!
    Beleza para ler sempre!
    Poesia inspirada no puro amor!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Aprendizado. Reflexões de aniversário

Tempo sem pressa, sem preço

Com a palavra, a palavra!