A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

domingo, 6 de julho de 2014

Um poema para Neymar Jr.





Talento e sonho não se perdem. As vitórias podem ser adiadas, mais o brilho dos verdadeiramente fortes, não se permite apagar.


Neymar. Agredido de forma covarde e criminosa pelo jogador colombiano Juan Camilo Zúñiga.


Tristes:

Os que apenas fantasiam, não aprenderam a sonhar;

os sem talento,

os que trocam a arte pela força...

Mas, como a bola,

O mundo gira;

Seu sonho foi adiado,

apenas guardado,

reagendado...

perdedores agridem,

vencedores fazem História!

Derrotados vão para o lixo do tempo,

Ganhadores colhem os frutos da glória.

Tudo passa

E seu sonho passarinho,

há de cantar na Rússia, no Catar...



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.

Compartilhe:

2 comentários:

  1. Sem dúvida alguma... o sonho do Neymar apenas foi postergado... Bela a sua homenagem, Antonio. Pontua muito bem o valor das nossas atitudes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. OI, Apon! Assim como o sonho de Neymar, quantas pessoas tem seu sonho adiado pelo inesperado... não era pra ser. Um abraço!

    ResponderExcluir

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.