A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



domingo, 14 de dezembro de 2014

Inconsequência. A tinta e o pinto (Com mp3)





Não dê pintinhos coloridos para as crianças. Não compactue com essa aberração.


Inconsequência. a tinta e o pinto (mp3)
Antonio Pereira Apon.


Pintinhos coloridos.


A tinta pintou o pinto,

o pinto a tinta pintou.

O pinto,

amarelo sem tinta;

Com tinta,

desamarelou.

Triste a tinta que pintou o pinto,

Triste o pinto que a tinta pintou.

Atinta;

Descoloriu.

O pinto;

desencarnou.



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

4 comentários:

  1. Essa e outras atitudes do homem com nossas aves, animais e natureza em geral, mostram bem a ignorância e a miséria humana em que nos transformamos pela ganância do vender, do lucro, do ter... ABSURDO!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Antonio!
    Pintinhos são tão bonitinhos ao natural!
    Tenha uma semana feliz!

    ResponderExcluir
  3. Amigo Antonio, faz tempo que pessoas sem consciência fazem isso, não só colorindo os pintinhos, que é um horror, dá uma dó incrível, mas matando muitos animaiszinhos e aves que trazem de seu habitat natural e até deixam morrer pelo caminho ao serem transportados de qualquer jeito, crimes hediondos contra a natureza, nem sei até quando veremos isso!
    Bem lembrado aqui no seu post de conscientização, os pais ou amigos nunca devem presenteá-los, mas conscientizar as crianças para um futuro melhor!
    Abraços meu amigo sempre querido, desejo-lhe juntamente com os seus entes queridos, um Feliz Natal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste falta de noção de desumanos seres ditos humanos. Mais uma boa reflexão para o natal e o ano novo. Respeitar a vida é celebrar a Deus e sua criação.

      Saudações natalinas! Tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.