Hora de acordar. Bom dia!



... Wi-Fi seduzindo a conectar. Notícias e trânsito acordando a rotina, e o despertador mandando trabalhar. A preguiça cabotina: Rolando, enrolando, querendo ficar. Ontem já é...


Paisagem de alvorecer.


O sol pinta a paisagem do alvor,

pássaros cantam loas,

nuvens moldam formas qual surreal escultor.

Cheiro de pão quente,

brisa matutina com aroma de café;

na rua, murmurinho de gente.

Nas redes sociais os cliques não param,

smartphones já querendo assobiar,

Wi-Fi seduzindo a conectar.

Notícias e trânsito acordando a rotina,

e o despertador mandando trabalhar.

A preguiça cabotina:

Rolando, enrolando, querendo ficar.

Ontem já é passado,

o hoje não se adia.

Já é hora de estar acordado,

a vida diz: Bom dia!



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

Vidas por um cinto. Sinto...

Poema para o amigo - Feliz dia do amigo!

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Qual o limite da amizade?

Você não precisa de cerveja para ser feliz

Querido defeito de estimação…