Terror. Vontade de homens, negação de Deus e da condição humana



... Matar em nome de Deus, é a Deus matar; falsear a verdade: Mortes por homens, não por Alá! Fanatismo não é crença, fundamentalismo não é religião; excretam filhos da demência, parem abortos da razão...


Torre Eiffel.


Sexta-feira 13,

novembro de 2015.

Aziaga sina,

chacina sem por que.

Maníaca peçonha,

Medonha obliteração;

sanha descerebrada,

desumanizada,

desalmada aberração.

Matar em nome de Deus,

é a Deus matar;

falsear a verdade:

Mortes por homens, não por Alá!

Fanatismo não é crença,

fundamentalismo não é religião;

excretam filhos da demência,

parem abortos da razão.

Teologia da violência,

ideologia autista,

filosofia da inconsciência.

Quem quer céu não faz inferno,

quem quer bem não faz o mal;

Deus é amor eterno,

Ama a todos por igual.

Não é de Deus calar sorrisos,

não é de Deus sangue verter;

não é de Deus espalhar feridos,

sentimentos entorpecer.

O Deus que propõe a vida; não impõe a morte.

não é arbitrário nem intolerante,

preconceituoso ou beligerante.

Sua religião, o amor,

sua ideologia, a paz,

seu povo, a humanidade,

sua vontade, o bem.

O resto é invenção e conveniência,

Impertinência;

delírio desumano.



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Amigo Antonio, disse tudo e mais um pouco, seus versos são perfeitos em designar que não é de Deus essa triste insanidade mental!
    Abraços apertados meu amigo poeta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse mesmo sentido segue essa bela e reflexiva mensagem que recebi no Whatsapp. Infelizmente desconheço o autor. Pesquisei na internet, mas não descobri:

      "Não é à toa que a palavra CALMA tem uma ALMA dentro dela. Toda alma inteira precisa de uma paz verdadeira para permanecer tranquila. Não é à toa que a palavra CORAÇÃO tem uma ORAÇÃO dentro dela. Tudo que nos toca fundo deve ser respeitado. A religião deve ser sentida com fé, com oração e pureza no coração. Não é à toa que o verbo AMAR, tem um MAR inteiro dentro dele. É na calmaria do coração, que nossa oração se agiganta na alma, nos leva e traz no caminho certo, tudo a seu tempo”.

      (Autor desconhecido).

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
    2. Que lindo, amei ler, as rimas combinam e dizem muito!
      Abraços meu amigo poeta!

      Excluir
    3. Pena que não tenhamos apenas coisas boas a poetizar. Precisamos de pessoas melhores para um mundo melhor.

      Um abração.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

Vidas por um cinto. Sinto...

Poema para o amigo - Feliz dia do amigo!

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Qual o limite da amizade?

Você não precisa de cerveja para ser feliz

Querido defeito de estimação…