Bem-te-vi, bem te ouvi



... que será que ele viu? Talvez a poesia do dia a raiar, o colorido do alvor, o acordar da cidade? … Vá lá se saber! E ele nem precisa saber. Apenas cantar, até...


Antonio Pereira Apon.


Bem-te-vi.


Toda manhã, lá pelas cinco horas e alguns minutos, o trissilábico e onomatopeico canto dos bem-te-vis, vem por cá nos encantar. Daqui e dali, de lá, acolá… Um canta, outro responde, parecem conversar, um versar com de chamar a atenção. Tem um, talvez, mais preguiçoso, que omite o bem e só canta o te vi, outro canta uma carretilha de bem te vis e ainda um outro, fica otempo todo só no: Vi, vi,vi, vi… O que será que ele viu? Talvez a poesia do dia a raiar, o colorido do alvor, o acordar da cidade? … Vá lá se saber! E ele nem precisa saber. Apenas cantar, até que o burburinho da metrópole se imponha e acentue, calando, silenciando o encanto, nesse compulsório, Até amanhã!


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Toninho, olá, meu amigo!

    Ah, a imagem é "minha". Esse passarinho fugiu da gaiola e foi parar a terras de Vera Cruz (rs). Manda, por favor, ele de volta, porque eu sinto falta do canto dele.

    Uma agradável e sonante prosa, onde pude ouvir e sentir, nitidamente, o cantar dos passarinhos, que diariamente, alegram a confusão da multidão matutina.

    Então, até amanhã!

    Beijinhos para o passarinho (rs)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o canto da natureza a nos encantar, espalhar poesia matutina, trazendo um pouquinho da arte do Criador. O passarinho disse que não vai, gostou daqui, do calor... Rs rs rs...

      Um abraço e bom fim de semana.

      Excluir
  2. Verdade mesmo, António! Que DEUS seja louvado!

    Ah, "você" é que "prendeu" o passarinho aí e agora diz que ele não quer vir pra cá, porque aqui faz frio e aí calor. Homi sabe "mentir" tão bem!

    Inté e já "não" gosto de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que aqui, bem-te-vi tem até música. Ouça em:

      https://www.youtube.com/watch?v=OSMloIWYHhc

      Não tenho culpa de nada.

      Um abraço.

      Excluir
  3. Vocês, brasucas (vá, me chame portuga) arranjam pretexto pra tudo que seja "folia" (rs).

    Agradeço o link aqui deixado. Estive escutando a musiquinha, que é muito lindinha e fofinha.

    Merci, cher ami (tu "num" sabe "franceis", but... risos).

    Boa semana, com amor e paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos um país musical como os bem-te-vis.

      Nois só sabe purtugues... Kkkk...

      Boa semana.

      Excluir
  4. Os bem-te-vis são um átomo da folia, que invade esse gigantão, "minino"!

    Tu sabes Português, mas muitos não. Já tenho lido posts em blogs brasileiros e as pessoas escrevem como falam. Vou exemplificar: Vou "segui" seu conselho. Ora, o que o criador/a do blogue queria escrever era: vou seguir seu conselho. E há outro erro crasso, que encontro com frequência, tanto aí, quanto aqui, e que é: Traz e trás. Caramba! Traz com "Z" é do verbo trazer e com "S" é uma preposição simples. Outra: o verbo dever não pede qualquer preposição, como sabes, mas as pessoas, algumas, dizem/escrevem: eu devo de ler com regularidade, por exemplo. Ai, como dói ver e ler tanto disparate!

    Muito frio para aí e calorzinho para cá, é o que desejo de ♥.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do "um átomo da folia", coisa de poeta.

      Nem me diga. O povo assassina, trucida, humilha, estupra a língua portuguesa sem a menor cerimônia. Maltratam a "última flor do Lácio" sem o menor respeito. São verdadeiras aberrações, erros primários. Já vi até professor de português escrever errado em plena aula. Dito isso...

      Que venha o frio! E que o calor vá e pela Europa fique. Rs rs rs...

      Um abraço.

      Excluir
  5. Gostou. Ah, eu sou "poeta" mesmo (rs)!

    Fiquei de "queijo caído", Sr. Professor, ao ler "a última flor de Lácio". Ah, você também sabe poetizar e bem! Mas, o "minino" também sabe História (rs)? Que coisa, sabe tudinho.

    Sabes, Tonico, acho estranho, quando as pessoas afirmam que frequentaram a Universidade e outros/as que até são Professores de PORTUGUÊS e escrevem e dizem a 2ª pessoa do singular do Pretérito Perfeito, do Modo Indicativo, com "S" no final, portanto tu entendeste(S)? Olha, que este erro GRAVÍSSIMO é muito comum, infelizmente.

    Vá, agora, me enuncie, por favor, a Propriedade Distributiva da Multiplicação em relação à Adição, mas não vai copiar, nem pesquisar.
    Fico esperando pra ler (rs).

    Olha, poderíamos pôr a terra de cabeça pra baixo (ainda mais, pobrezinha!) e assim tu ficavas como o frio e eu com o calor. Tou" pensando aqui uma coisinha: na cama onde tu (não) dormes, só podes estar tu, porque dormir com "homi", desse jeito, "num" dá, nenhuma "mulher" suporta (rs).

    Um beija-mão, elegantemente.

    ResponderExcluir
  6. Agora, "por" uns dois meses, vou descansar de "ti". Esse "minino" não larga do meu pé. Vocês já notaram, claro. Eu "nem ligo" pra ele, mas ele não me larga. É demais.

    BOM CARNAVAL E BOA PÁSCOA (s)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tem gente que só passou pela Universidade, mas, pouco ou nada aprendeu. Gosto de história e procuro aprender um pouco do que for possível. Detesto matemática e afins. Quanto a "Propriedade Distributiva da..." Não sei nem estou preocupado em saber. Rs rs rs...

      Já recebi muita reclamação do meu mal dormir durante o calor. Já no tempo frio, durmo que nem um anjo, nem me mexo na cama.

      Que posso eu fazer. Se queres ir... Até algum dia! ... Natal talvez? ... carnaval do ano que vem... Quem sabe...

      Bye...

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!

Mangue, bordel, Brasil