New York              

em quarta-feira, 11 de setembro de 2019



... cego e inconsequente, manifestando em terror a brutalidade de bestas desumanas. Vidas ceifadas ao nada pela irracionalidade de seres ditos racionais, escrevendo história com sangue e horror. Divorciados de Deus perderam o norte do amor...


Antonio Pereira Apon.


#PraCegoVer: World Trade Center no nevoeiro

11 de setembro de 2001:
insana sanha
assanha
a obscura face humana;
“gafanhotos de fogo”
voam entre
as “montanhas de vidro”.
Jaz a razão
ante o ódio


cego e inconseqüente,
manifestando em terror
a brutalidade
de bestas desumanas.
Vidas ceifadas ao nada
pela irracionalidade
de seres ditos racionais,
escrevendo história
com sangue e horror.
Divorciados de Deus
perderam o norte do amor,
Soterrados
na demência fanática;
congelam emoções,
prostituem sentimentos,
abismam o mundo.


Postado aqui em setembro de 2007.



11 comentários:

  1. Uma grande tragédia de fato. Demonstra até onde pode chegar a estupidez de gente dementada pelo radicalismo fanático.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  2. não estamos seguros em lugar nenhum...

    ResponderExcluir
  3. É inacreditável o que aconteceu e anos seguintes, mais e mais atentados, como em Madrid. A raça humana tem seu lado obscuro, sinistro. Ama e destrói.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Pois é Sissym!

    De um lado a arrogância imperialista, do outro, uma mistura desastrada e desastrosa de política mais fanatismo religioso. Um círculo vicioso de desumanidade e desamor.

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite de paz, amigo Antonio!
    Nunca me esqueço do que fazia naquele dia, num comércio local onde morava e o que nosso presidente, na época, falou e nunca aconteceu...
    Seu post é uma lembrança amarga e disse tudo: onde Deus não está, o Amor perde-se.
    Tenha uma noite abençoada!
    Abraços fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também lembro: Eu estava na escola, entrando na sala dos professores, vi as imagens na TV e perguntei que filme era aquele, aquela hora? Infelizmente, não era um filme, era um roteiro sem Deus e sem alma, da vida real.

      Um abraço.

      Excluir
  6. Amigo, você poetizou com palavras perfeitas ao triste atentado das torres gêmeas. Gafanhotos cegos de alma e de coração. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Amigo, um triste acontecimento que abalou o mundo! Que jamais aconteça em lugar algum. Parabéns pela homenagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que esse triste capítulo da história, seja lição aprendida.

      Te convido para ler: 😎 A natureza de cada um.
      Um abraço. Tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.




Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..








Topo