Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Vai comprar na internet? Amazon,Americanas, Shoptime, Submarino, Positivo... As melhores lojas e os menores preços, reunidos no Apon Magazine. Aqui você encontra de tudo: de alimentos à smartphones, de livros à notebooks, roupas, eletrônicos, brinquedos, pet, utilidades, joias e muito mais. Usamos a tecnologia Lomadee para reunir tudo num só lugar.

Quer ajudar? Faça um PIX e colabore.

Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.
Navegar é preciso, impreciso o tardar

Navegar é preciso, impreciso o tardar

A vida é o barco, o mar é o viver; o tempo, o vento que nos sopra e o destino, o cais, porto de onde se vem , para onde se vai. Quem não deixa um porto, fundeado nas comodidades das ilusões, sonega-se o viver. Navegar é preciso, impreciso o tardar.
Bem me quer, mal me quer...

Bem me quer, mal me quer...

Trago a poesia em minhas mãos vazias, a melodia de um bem querer; um ser sem ter, um tal porque. Sentimentos rotos, sonhos desbotados; um mal brotado bem querer de um malmequer. Um ter sem ser, um não porque.
Dunas ao tempo

Dunas ao tempo

Vai a vida, leva o tempo, vaga a duna, sopra o vento; tempo, vento a nos soprar. Vagueia a areia do ontem e do agora, erra o destino a rumorejar,
Câmera da memória, clicar do agora

Câmera da memória, clicar do agora

Câmera das lembranças: momentos guardados, fragmentos resguardados, cliques, pedaços de tempo; o que passou e o que se foi, quem ficou, quem não se demorou Vivências e convivências gravadas, grafadas em nossa história, impressas, impregnadas na retina da memória Retratos em preto e branco, fotos c…
Devolvam

Devolvam

Nossa bandeira, nosso lema, nossas cores, nossas estrelas. Não são minhas, não são suas; não se prestam a ter um dono. São patrimônio de um povo, de toda uma gente. Quero querer escolher de novo, sem ter que ser isso ou ser aquilo, ter que ir pela direita ou seguir pela esquerda, bater continência…
Toda uma vida

Toda uma vida

Muitas vezes, passamos toda uma vida, convivendo sem conviver; calando palavras, manietando gestos de afeto, escondendo um olhar mais terno, nos sonegando uma maior interação. Por isso ou por aquilo, não nos permitimos ir além dos formalismos, das convenções, agindo com uma quase indiferença, tão …
Paz e amor

Paz e amor

Onde cala o grito, grita o silêncio; os tolos gritam seus gritos tolos, os sábios silenciam... há paz no silêncio! e quando a paz puder gritar o grito silencioso do amor; haverá mais riso e menos dor,
Quero um novo normal, normal

Quero um novo normal, normal

Não, não quero o velho normal, com suas doentias "normalidades"; nada das anormalidades de agora, nem tão pouco, as anomalias de outrora. Não pode ser normal: ser egoísta e indiferente, omisso e negligente; não ter empatia, a grana ter mais valor do que gente. Como pode ser normal? Relig…
Aniversariando, no giro do mundo

Aniversariando, no giro do mundo

Mais um aniversário, a Terra fez mais um circuito completo em torno do sol, rodopiando trezentas e sessenta e poucas vezes em torno de si mesma; dias, estaçóes, a folhinha, a agenda, o relógio… Embarcados nessa dadivosa “nave mãe”, giramos numa vertiginosa velocidade, vivendo e vivenciando, sobrev…
Acura, a cura

Acura, a cura

Nos depure a lida, nos apure a vida; que concerte a alma, consertando a calma. Venha desatar os nós, não nos deixar tão sós; acura a cura, apura a fé, a pura esperança. Reflorir sorrisos, ressorrir bonança; vacinar a sina, resgatar fiança.



Se desejar, você pode usar o PIX para fazer uma contribuição de qualquer valor para o nosso Site/Blog.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM