Peter Pan Jackson - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Por onde anda você?

Você, que vaga em meus sonhos, qual a brisa de outrora; acordando sentidos, acarinhando sentimentos; exumando lembranças, memórias ...

Peter Pan Jackson

Publicado em terça-feira, 30 de junho de 2009


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobre um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Ele viveu no limiar entre a fantasia e a realidade. Fugitivo de si mesmo, materializou no corpo, os fantasmas que assombravam sua alma torturada. O ser humano sucumbiu à força do mito.


Um artista genial, mas um homem desencontrado num querer ser “Peter Pan”, enquanto a vida lhe trazia uma “overdose” de realidade: a infância violentada, o colecionar escândalos, o ataque dos exploradores, a embriaguês dos artifícios, o destruir a saúde, o não aceitar-se...


Morreu Michael Jackson, calou-se a voz que embalou gerações. Calaram as baladas românticas, a “black music”, o “pop rock”. Voou para a “Terra do Nunca”, para nunca mais voltar.


Sua arte é seu grande legado. O resto, será devorado pelos abutres da ganância, os parasitas da maledicência, os mercadores da mediocridade, os vermes do oportunismo...


Segue em paz Michael. Que finalmente você se encontre, encontre a luz e nela se ilumine. Que uma real alegria lhe renove o espírito e, no infinito, possas dançar como nunca e como nunca cantar, ser capaz de inspirar os artistas daqui. Boa viagem!!!


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM