Labirintos - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Jogo de azar

Em termos de tempo, tudo é absolutamente relativo, o passado inspira o presente; escreve, reescreve o determinismo, reinventa o destino. ...

Labirintos

Publicado em terça-feira, 19 de outubro de 2010



... os caminhos se cruzam, os corações se encontram, as almas se buscam; eu, você, nós...


Antonio Pereira Apon.


Labirinto. Composição de Antonio Pereira Apon.


Quando amanhã for hoje

e estivermos frente a frente,

deixemos que fale o sentimento,

escutemos a voz do coração;

calando o medo,

silenciando a dúvida

para que nosso querer possa ecoar;

quebrando correntes,

derrubando barreiras,

assumindo a autoria do nosso destino.

Eu e você

já não somos mais eu e você,

somos nós!

sob o influxo desse amor

que nos enlaça

anelando as gêmeas almas,

até então desencontradas:

nos labirintos do tempo,

nos descaminhos da vida...

não nos percamos,

não matemos o sonho,

não sufoquemos o sentir,

não temamos a luta,

não desistamos do ser feliz,

não demos crédito ao impossível...

Não existe acaso nos planos de Deus:

os caminhos se cruzam,

os corações se encontram,

as almas se buscam;

eu,

você,

nós dois...

 



(Postado aqui em 19 de outubro de 2010).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM