Seu "vaso de cristal" - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!




Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

sábado, 11 de fevereiro de 2012

 

                    Seu "vaso de cristal"              

     

...vaidade, autoritarismo... Todo tipo de lixo emocional, dejetos psíquicos que a cristalina transparência não consegue dissimular. As nódoas, as manchas denunciam...


Vaso quebrado.


Que tal, usar um belo e caro vaso de cristal para colocar lixo?


Um absurdo? Uma falta de noção? ...


Mas costumamos fazer isso com um bem mais precioso que o mais valioso dos utensílios. Transparente como o mais puro cristal, não consegue esconder os detritos nele depositados: Ódios, rancores, intolerância, inveja, egoísmo, orgulho, inimizade, preconceito, prepotência, inflexibilidade, soberba, arrogância, presunção, vaidade, autoritarismo... Todo tipo de lixo emocional, dejetos psíquicos que a cristalina transparência não consegue dissimular. As nódoas, as manchas denunciam o conteúdo deletério, o uso indevido dessa preciosidade.


Querer sempre ter razão, cultivar temperamento ou gênio "forte", costumam denotar discernimento fraco, ego indisciplinado, Espírito insensato. Que dilapida avida, vai rachando e um dia estilhaça o seu magnifico "vaso de cristal". O corpo.


Gostou desse texto?
Então vai gostar do nosso livro: Um dedo de prosa e poesia. A arte da vida.
Clique abaixo na capa para saber mais e adquirir seu exemplar.


São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...
Compre aqui!



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.

   
 
 

7 comentários:

  1. Olá António,

    Seus textos são sempre muito interessantes e estão carregados de metáforas.
    Nosso corpo se vai estragando, corropendo, se nossa alma não estiver limpa.
    O ódio e outros sentimentos afins, vão estilhaçando nosso "vaso de cristal".

    Bom fim de semana.
    Abraço de luz.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Antonio! Somos os maiores detonadores de nosso vaso de cristal - nossa vida, nossas emoções! Perdemos a racionalidade em saber separar e reciclar o que deve ser reaproveitado e descartar o que só pesa nossa alma! Belo texto! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Olá Antônio!Adorei seu texto.

    Cultivar sentimentos sombrios, as poucos.. vamos escurecendo...e a vida é constituída de luz!Sejamos luz!

    Tenha um Fim de Semana de Muita Luz!!
    Bençãos Plenas!

    ResponderExcluir
  4. Olá Antônio,

    Todo lixo emocional corrói nosso corpo físico. Mesmo sabendo disso
    ainda cultivamos certos hábitos negativos que pesam a nossa bagagem e a nossa alma.

    Ótimo domingo!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Antonio, boa comparação, é assim mesmo, aí se arruma tantas doenças algumas até sem curas exatamente por isso!
    Corpo são, mente sã, espírito leve!
    Abraços amigo.
    Ivone

    ResponderExcluir
  6. Antonio,
    Se sempre tivessemos essa noção,todos seriamos mais felizes.
    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...