Constatações - A arte da vida. Apon HP
Bom estar com você!


Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Constatações

Publicado em terça-feira, 7 de abril de 2015



Quando nos aclimatamos ao incerto, estranhamos o certo e vamos nessa confusão, confusos, confundidos, confundindo...


Antonio Pereira Apon.


Fila de pobres.


Quando o bem silencia, o mal grita.

Quando a verdade se acovarda, a mentira subjuga.

Quando a sociedade se omite, a vilania faz política.

Quando a honestidade se acomoda, a corrupção desacanha.

Quando a cidadania enfraquece, a tirania ganha força.

Quando a ignorância domina, o populismo prolifera.

Quando a fé delira, o fanatismo aterroriza.

Quando a lei não pega, a injustiça pega!

Quando a impunidade abunda, toda forma de violência cresce.

Quando a estupidez impera, graça o preconceito.

Quando faltam “caras pintadas”, sobram caras de pau.

Quando o povo se cala, o fisiologismo se manifesta.

Quando o Gigante Brasil dorme, o nanismo político prevarica.

Quando se carece de virtudes, os vícios tornam-se endêmicos.

Quando manda a força, vence o desmando.

Quando se aceita tudo, não se ganha nada.

Quando se explica de mais, se justifica de menos.

Quando o errado quer estar certo, tudo fica incerto.

Quando se admira ditadores, se admira ditaduras.

Quando a censura chega, a liberdade já se foi.

Quando a bondade é falsa, a realidade vem à maldade desmentir.

Quando as ruas esvaziam, enchem-se os bolsos, as cuecas, as calcinhas, as meias...

Quando... ...



3 comentários:

  1. Aplaudindo-o, Antonio, na esperança de que seus "Quandos..." tão inteligentemente narrados venham conscientizar muitas mentes insanas... Excelente!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Quando o brasileiro acordar o Brasil, tudo muda para melhor. Por enquanto...

      Um abração.

      Excluir
  2. Olá, meu querido Antonio
    estou dando uma passada nos blogs amigos hj e não podia deixar de conferir seu texto, crítico e politizado, sempre nos levando a refletir.
    Um abração!

    Um beijão, muitas saudades!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM