Pra te vestir de poesia - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Jogo de azar

Em termos de tempo, tudo é absolutamente relativo, o passado inspira o presente; escreve, reescreve o determinismo, reinventa o destino. ...

Pra te vestir de poesia

Publicado em sexta-feira, 6 de dezembro de 2019



... Na costura dos versos, o poeta faz poesia, pra vestir de sol e lua, a nudez da musa nua, que anseia por versar. No ontem? No amanhã? Onde estará? você que deserta do agora, do ocaso, da aurora; do poema a encontrar. O tempo, fina seda...




#PraCegoVer: Silhueta de mulher lendo.

Agulha da emoção, linha das palavras...
No tecido dos alvores,
borda sol e pinta cores,
raiado dia, alegrar;
no pano que o crepúsculo veste a noite,
vão estrelas, vão luares,
vão lugares pra sonhar.
Na costura dos versos,
o poeta faz poesia,
pra vestir de sol e lua,
a nudez da musa nua, que anseia por versar.
No ontem? No amanhã? Onde estará?
você que deserta do agora,
do ocaso, da aurora;
do poema a encontrar.
O tempo, fina seda, despe e veste a esperança,
o caminho, a andança;
o termo de te desencontrar.
Vagam outonos e invernos,
primaveras e verões a vagar.
Por enquanto,
solitários bordados,
vestidos rendados,
sentimento guardado,
aguardando você.

10 comentários:

  1. Tantas verdades nas entrelinhas deste magnifico poema!
    -
    --> Sonhos perdidos na inocência ...
    --> Momentos Zenn
    Beijo, e um excelente fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Que belo poetar, que bela harmonia!
    Gostei da sutileza das verdades.
    beijo, um bom fim de semana!

    "O tempo, fina seda, despe e veste a esperança,
    o caminho, a andança;
    o termo de te desencontrar."

    ResponderExcluir
  3. Hoje, costuras versos, palavras poéticas, Tonico? Posso entrar no "bordado" -rs?

    Gostei imenso desse teu versejar com a agulha do coração. Ficou uma obra de arte em pano rendado e mto amado.

    Quem é a musa, quem é -rs? O amor está guardado, enqto o poeta, aguarda a moça amada. Gosto de teu jogo de palavras.

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apenas um devaneio poético, feito com os aviamentos da inspiração. Versos aplicados no tecido do sentir para vestir a criatividade da vida na alfaiataria do tempo.

      Um abração. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  4. Boa noite de paz. Amigo Antonio!
    "o poeta faz poesia,
    pra vestir de sol e lua,
    a nudez da musa nua, que anseia por versar."
    E assim, mais uma bela poesia vestiu sua musa.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema, Amtónio!
    Está muito bem vestida a sua esperança! Faz muito bem adorná-la e esperar. Como disse o Quintana: «Cuide bem de seu jardim... »
    Desejo-lhe tudo do melhor...
    Ótimo domingo.
    Abraço, Amigo.
    ~~~~

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM