Negue o “jegue” negacionista. Vacine-se - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Uma boa notícia, é sempre uma notícia boa

Nesses tempos em que sobrevivemos sob um temporal de notícias ruins, onde tudo parece perdido e até a esperança definhar, ameaçada por me...

Negue o “jegue” negacionista. Vacine-se

Publicado em sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021


Burro pastando. #PraCegoVer

Vacina, sim. Que mande para longe a pandemia, leve daqui o “jeguismo” negacionista, que empaca a vacinação, zurrando contra o uso de máscaras e o distanciamento social; distribuindo coices inconsequentes,, prolongando o caos perfidamente, matando gente para além dos CPFs e CNPJs, retardando soluções á ruminar ideologias com desremédios e bravatas oligofrênicas. Esperta burrice, qual a dos jegues que desfilavam na lavagem do Bomfim, sujando e andando para o povo.

Que nos perdoem os jegues propriamente ditos, não se sintam ofendidos, tratamos aqui apenas do “jeguismo” desumano, tipo o daquele sujeito de topete laranja, escorraçado do poder nos Estados Unidos. E é claro, que criaturas desse tipo, não represemtam nem gente, nem jegues.

Se cuide e ria com essa homenagem ao irreverente e saudoso Genival Lacerda, que morreu por causa do Covid-19, sem a oportunidade de uma vacina. Espante o jegue e o dono do negacionismo trevoso e burro, não dê guarida ao discurso mefisto e fanático dos ignorantes e mal intencionados:


Se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal, clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


2 comentários:

  1. Olá, meu amor de amigo!

    VACINA, SIM, VACINA, SIM, VACINA, SIM!

    Um texto mto lúcido e apelativo à consciências dos jegues que a não têm.
    Desconhecia que jegue era sinónimo de burro ou asno, mas a gente sempre aprende uns com os outros.

    O Brasil está sendo diferente de todo o mundo, pois as pessoas querem viver e serem vacinadas. Mas quem manda? O Presidente pensa ao contrário de todo o ser humano. Bem que poderia continuar a ser militarista, mas ter nexo e lógica nas suas atitudes.

    O vídeo está muito bem feito. Mais um que morreu por falta de vacina. Quem era Genival Lacerda?

    Esperemos que o bom senso impere e que o Universo alivie os brasileiros, os sensatos e de bom caráter, quero dizer.

    PS: o burrinho k colocaste por cima de teu texto é mto lindo. Eu adoro asnos e gatos de quatro patas -rs.

    Beijos e um abração.

    Bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O jumento propriamente dito, é um bicho do bem, honesto e trabalhador, já a jumentada desumana, faz grassar a desgraça em tudo que faz, diz e intenta pensar. Nos EUA, bastou sair a cavalgadura de topete laranja, para desempacar a vacinação e começarem a cair os índices de infecção e morte. Mas nem todos os povos gozam da mesma sorte, alguns vão sobrevivendo aos zoares estúpidos, ébrios de cloroquinas, Ivermectinas e outros desremédios contra a pandemia que desaforam a ciência.

      Genival Lacerda, foi um cantor de forró (música típica do nordeste brasileiro, muito tocada sobretudo nos festejos juninos). O trecho da música: "De quem é esse jegue", que usei no vídeo, é dele.

      Pena, que no Brasil, não podemos dar nome aos jegues. Rs rs rs... Mas tudo e todos passam.

      Assista meu vídeo mais novo, sem jegues nem jeguices:

      https://youtu.be/pm98Wp-h5uQ

      Um abração e dias bons, imunes de todo mal. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM