Vende-se, aluga-se felicidade - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Vai comprar na internet? Amazon,Americanas, Shoptime, Submarino, Positivo... As melhores lojas e os menores preços, reunidos no Apon Magazine. Aqui você encontra de tudo: de alimentos à smartphones, de livros à notebooks, roupas, eletrônicos, brinquedos, pet, utilidades, joias e muito mais. Usamos a tecnologia Lomadee para reunir tudo num só lugar.

Quer ajudar? Faça um PIX e colabore.

Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Vende-se, aluga-se felicidade

Publicado em domingo, 13 de junho de 2021


Dinheiro espalhado. #PraCegoVer

    Em igrejas, seitas, cassinos;
na "boca", na farmácia,
na boate, no "inferninho, no bar;
na ideologia farsante,
no fanatismo ignorante,
na terapia da moda,
na ilusória conveniência de querer se enganar.
No acaso da sorte, descaso do azar;
no terceirizar que prospera,
na busca de quimeras,
no de si, desertar.
Na escolha do mais fácil,
na opção egoísta do jeitinho,
teologia do fútil prosperar.
Vende-se, aluga-se e até se manda entregar;
artificiosa felicidade,
obsolescência programada para desenganar.


Se ainda não se inscreveu, inscreva-se em nosso canal, clique no sininho para escolher receber nossas notificações, ser avisado(a) dos vídeos novos. E não esqueça de dar seus likes. Conto com você! Obrigado.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


12 comentários:

  1. Os poema recitados têm uma outra beleza. Obrigada. Muito bom!
    *
    Neste mundo aonde me permito vaguear
    *
    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  2. Poema declamado muito bom de ouvir. Uma leitura harmoniosa, perfeita.
    .
    Uma 2ª feira feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Felicidade de verdade, vem de dentro, brota da alma. Quem não a cultiva dentro de si, fora, não irá encontrar.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  4. Maravilhoso, profundo, os seus versos, como sempre, amigo!
    O ser humano e suas infinitas ilusões, não é mesmo? Buscando fora, o que há de ser cultivado no coração e na alma.
    Estou voltando aos poucos a blogar, estou adorando visitar os amigos que fiz a tantos anos... tem me feito muito bem...
    Um feliz dia, Poeta amigo!
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos todos aprendermos a compreender melhor a felicidade e tudo o que tem real valor na arte do viver.

      Fico feliz com seu retorno à blogosfera.

      Um abraço. Tudo de bom.
      APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

      Excluir
  5. É realmente um arremedo de felicidade...

    Excelente, António. Abraço amigo.
    ~~~~

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.




Se desejar, você pode usar o PIX para fazer uma contribuição de qualquer valor para o nosso Site/Blog.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM