Chuva, lumes, saudade - A arte da vida. Apon HP



Obrigado por sua visita. Boa leitura!




Para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site Clique aqui.

domingo, 1 de julho de 2018

 

                    Chuva, lumes, saudade              

     

... Uma réstia, um resto, fragmento de luz; uma lanterna, um artifício finge que é lume de luar. Enquanto a lua indiferente, não diz de nós, desdiz da gente; indigente dessonhar...


Antonio Pereira Apon.


Paisagem noturna e chuvosa, Uma jovem com olhar saudoso, caminhando com uma lanterna nas mãos  e lá no alto uma lua cheia e um pássaro a voar. Da lanterna, saem pequenos corações.


No blog Filosofando na vida, a professora Lourdes nos convida a escrever uma frase, verso, poesia, pensamento, mensagem… Sobre uma imagem postada a cada fim de semana. Acima, a imagem sugerida. Abaixo, a minha quadragésima segunda participação nessa “brincadeira” intitulada: Poetizando e encantando.


Selo de participação no Poetizando e encantando.

Te desacho,

desabraço na chuvosa noite,

vacante,

ruma errante a tal saudade,

surreal realidade;

desencanto de ti desencontrar.

Meu caminho um descaminho,

pássaro sem ninho,

silente coração,

desanimado anime;

só, voando por voar.

Uma réstia, um resto,

fragmento de luz;

uma lanterna,

um artifício finge que é lume de luar.

Enquanto a lua indiferente,

não diz de nós,

desdiz da gente;

indigente dessonhar.

Novela de uma ausência,

folhetim de uma busca,

panfletária procura;

desiderato sem fim.




Nossas participações no "Poetizando e encantando":


   
 
 

33 comentários:

  1. Bom dia amigo Antônio!

    Mais uma bela poesia!

    Uma procura... desacho,

    desabraço na chuvosa noite,

    vacante...Numa noite chuvosa Uma réstia, um resto,

    fragmento de luz;

    uma lanterna,

    um artifício finge que é lume de luar.

    Parabéns amigo pela bela inspiração. Obrigada por mais uma vez participar com seu lindo poetar. Seja sempre bem vindo. Obrigada pelas palavras de conforto e carinho que deixou no comentário. Continuo tendo fé que logo tudo que estou passando, será passado totalmente. Não tem coisa melhor que a saúde. Abraços, feliz Domingo e início da semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa vida tudo passa. E nós, passageiros que somos do tempo, seguimos aprendendo a superar o que passa e seguir avançando, evoluindo, crescendo, autorando nosso desiderato. Fé em Deus, em si e na dádiva do viver!

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  2. Que linda participação muito inspirada! Beleza! abraços, feliz JULHO! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inspiração transborda das imagens propostas nessa bela BC.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  3. Bom dia amigo Antônio! Que linda inspiração. Você a Larissa escolheram essa linda imagem e ambos poetizaram lindamente, cada um com seu estilo poético que nos encanta.

    indigente dessonhar.

    Novela de uma ausência,

    folhetim de uma busca... Essa busca pelo amado lhe inspirou lindamente. Abraços, feliz início de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada versar revela a diversidade, cada poeta com sua forma de expressar uma mesma inspiração. Aqui, personifiquei na figura feminina com a lanterna, a saudade, a busca da amada, perdida nos labirintos do tempo.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  4. Boa noite, Antônio!
    Um poema interessante em todos versos... contrariando o amor que só deseja ser amado... mas que descreve alguma situações com uma expressiva veracidade descomunal.

    "... silente coração,

    desanimado anime... "

    Estou para este verso como para o amor: animando o desanimado e sendo animada.
    Inclusive, só agora passo porque o amor animou-me há pouco. Um mal-estar me segurou de passar antes pela BC da Lourdes.
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A busca do amor perdido que nos resgate, liberte do silente e redundante silêncio da saudade.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  5. Antonio!
    Cada vez que venho cá, aprendo mais e mais com seus escritos inspirados e rimados.
    Parabéns!
    Boa semaninha e mês de julho!
    “Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito. (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/07/divulgacao-cultural-87-42-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprendemos todos uns com os outros, vamos no círculo virtuoso dessa BC, trocando experiências, poetizando e tentando encantar.

      Um abraço e uma boa semana.

      Excluir
  6. Olá, António.
    Vejo ironia e antíteses no seu poema…
    Como principiante, gostava que me elucidasse.
    Gostei da profunda criatividade.
    Um ótimo Julho.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não há ironia. É que abuso das antíteses, metáforas e simbolismos, explorando a multiplicidade de sentidos de palavras e expressões, jogando com o concreto e o abstrato para fazer o leitor pensar e sentir. Ir além do óbvio, do lugar comum.

      Um abraço e uma boa semana. Um julho poético e inspirador.

      Excluir
    2. Entendi e agradeço a explicação.
      Abraço
      ~~~

      Excluir
  7. boa tarde António,
    gosto muito da leveza da sua participação,
    é muito poética, torna a simplicidade linda
    e deixa-nos sonhar à vontade !
    abraço amigo
    Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, quando a poesia consegue ser simples e leve, para conduzir à poética dos sonhos.

      Um abraço.

      Excluir
  8. Amigo Antonio, a sua descrição desta imagem logo de inicio mostra seu poder de poetizar elegante sempre. Acho interessante este poder em criação pleno da leveza e da sensibilidade
    Aplausos amigo e que Julho seja um mês de paz e alegrias por aí.
    Meu abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elegância, leveza e sensibilidade, entre tantos outros atributos cabíveis à poesia. Bom quando conseguimos colocá-los a serviço da arte do versar. Obrigado, amigo, por seus sempre gentis e generosos comentários.

      Um abraço. Bom julho!

      Excluir
  9. Pois é, as antíteses, os simbolismos e as metáforas são o teu forte, poeticamente falando. Gostas de "troçar" das e com as palavras e as pôr a meditar, talvez para te achares, mesmo sem andares perdido.

    Nada como um raiozinho de luz em nossa vida. Gostei, como sempre, do k tu escreveste.

    saudade é terrível, mas dá sabor, força aos sentimentos, à alma.

    De chuva, até k gosto, sobretudo se for fraquinha. Já estou imaginando cenas de "Dancing in the rain".

    Eu sei k sou "abusada" e "desobediente", mas já não mudo, não, não consigo, melhor dizendo.

    Acho k teu blog tá precisando de algo, mas não sei o quê -rsrsrs.

    Beijinho, menino Tonico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro virar as palavras ao avesso e no reverso do versar, fazer sentir e pensar. Luz em forma de luz, de palavras, de sentires, de pensares... A luz, com chuva ou sem chuva, guia, encaminha ou pura e simplesmente ilumina. A saudade é a presença de uma ausência, uma réstia de passado, acendendo lembranças de luminosos tempos idos. Luz! Câmera! Ação!

      https://www.youtube.com/watch?v=4BTR3iU4kYU

      Abusada e desobediente é pouco, é eufemismo. Rs rs rs... O que será que está, ou estava, faltando? Rs rs rs...

      Um abraço com chuva fina e brisa leve.

      Excluir
    2. "Isso" eu já entendi há muito, minino.

      LUZ é luz e está tudo dito. Gostei da Ação - rs.

      Ó seu "desavergonhado"! Então, o vídeo começa com beijinhos nos lábios? Ah, que "indecência" -rs. Bem, o homi, o ator e cantor do vídeo ficou tão feliz com os beijinhos da menina, que dançou na chuva, trepou a um candeeiro, enfim, parecia tontinho. Vocês são todos iguais -rs.

      O que é isso de eufemismo? Me explique, por favor, pke eu não sei -rsrsrs. Eu acho que deve ser algo de k gostamos muitooooooooooooooooo. É?

      O que estava, Pretérito Imperfeito do Modo Indicativo, faltando era eu e minhas palavras. Não deu por minha falta, não?

      Chuva, agora não, mas um solzinho gostoso beijando nossos rostos até que queria.

      Beijinho, menino "atrevido" -rsrsrs.

      Excluir
    3. Eufemismo é uma figura de linguagem em que se usa uma palavra para substituir, abrandar ou disfarsar o sentido de outra, então eu quis dizer que você é mais abusada e teimosa do que dizem essas palavras.

      Desavergonhado, eu? Não fui eu que criei o filme! Rs rs rs...

      Fez falta? Sei não, deixa eu pensar... Rs rs rs...

      Inté!

      Excluir
  10. Ah, "lumes"! "É fogo que arde sem se ver".

    Inté!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monte Castelo - Legião Urbana, citando Paulo de Tarso, Camões... Isso é MPB.

      https://www.youtube.com/watch?v=AKqLU7aMU7M

      Inté!

      Excluir
    2. Ah, um dos mais belos e conhecidos sonetos de Luís de Camões. Gostei mto da interprtetação.

      A vida sem amor não tem a menor graça.

      Bom domingo com luz e amor no olhar.

      Excluir
    3. O amor inspira e dá essência à vida, empresta poesia ao viver.

      Um abraço luminoso.

      Excluir
  11. Amigo Antônio, passei pelo iodoterapia e depois fiz o exame tomográfico que é uma varredura de corpo inteiro. Graças a Deus não tenho nada no meu corpo, em nome de jesus estou curada! Obrigada pelo carinho, orações e pensamento positivo para comigo. abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Com fé em Deus e na vida, tudo há de estar definitivamente resolvido. Muita saúde, minha amiga! Isso é motivo para poetizar e encantar. Vamos em frente!

      Um abraço e um bom fim de semana.

      Excluir
  12. Bom dia!

    Na beleza dos pequenos gestos de ternura, no encanto da poesia
    e na certeza de que sempre haverá motivos para recomeçar, estou aqui com mais um convite do Poetizando e Encantando que acabei de postar.
    Venha mais uma vez nos alegrar e nos dá o prazer de apreciarmos seu lindo poetar!
    Abraços com desejo de um final de semana feliz e abençoado, da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está lá: https://www.aponarte.com.br/2018/07/vida-poetizando-e-encantando.html

      Excluir
  13. Aos poucos estou voltando ao blog...
    Adorei estar novamente aqui...
    Dá uma passadinha lá...
    Beijos
    Ani

    https://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Seja sempre bem-vinda!

      Um abraço e uma semana com tudo de bom.

      Excluir
  14. Passando pra deixar um beijo e desejar uma semana linda.

    Ani

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

Fale conosco:






Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...