Adeus, não. A Deus - A arte da vida. Apon HP

Bom estar com você aqui no A ARTE DA VIDA. APON HP!


Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Adeus, não. A Deus

Publicado em sexta-feira, 3 de julho de 2020


Barco navegando ao entardecer. #PraCegoVer

Um adeus corporifica um determinismo absoluto, fatal, inapelável; carrega o peso de uma despedida irrevogável, irreversível… Oprime o coração, deprime numa saudade sem termo, inconsolável presença de uma ausência. Mas, sabemos mesmo, o que é definitivo, irremediável? A vida dá tantas voltas e reviravoltas, sabemos tão pouco de tanta coisa; o imponderável, o imprevisto e o improvável nos surpreendem tantas vezes...

Então, em vez de selar com um dolorido adeus, entreguemos a Deus as nossas despedidas, esperançando o tempo que instrumentaliza os acertos e consertos do viver.

Na escrita existencial, parágrafos, vírgulas e toda a pontuação, até podem correr por conta do livre arbítrio de cada um de nós. Porém,  o ponto final…

A Deus, cabe o agendar de encontros e reencontros, as chegadas e partidas, o preciso trânsito do destino, ante nossa imprecisa percepção. Adeus, não. A Deus!

Antonio Pereira Apon.

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


8 comentários:

  1. Um Adeus é como o Amor. É irrevogável enquanto dura...
    .
    Tenha um dia de Paz e Amor

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde de muita paz, amigo Antonio!
    A Deus devemos sim entregar absolutamente tudo, pois só Ele pode nos dar soluções, pistas de bem viver.
    Tenha diasa abençoados e um ótimo final de semana!
    Abraços fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nas mãos de Deus, tudo se resolve, talvez, não como desejamos, mas sempre como necessitamos.

      Um abraço. Tudo de bom.
      A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

      Excluir
  3. Não sei porquê, mas não gosto da palavra adeus. Não gosto de o dizer nem de o ouvir!:)
    .
    Deambulo no baú dos sentimentos ...

    Beijo e uma excelente Sexta Feira

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tonico!

    Um texto muito bem escrito, inteligente e com um tiquinho de deus, k faz todas as "tarefas" por nós. Era bom se ele viesse me dar uma mãozinha nas limpezas, hoje-rs. Deixo por conta dele e aparece tudo feito num segundo, né? Como tu dizes, deus não é babá de ninguém, nem empregado doméstico de ninguém, concluo eu.

    Alguns brasileiros têm um jeito especial para jogar com as palavras, "brincar" com elas e lhes dar sentidos diferentes e complementares e tu és um deles, talvez mesmo um dos melhores.

    Não me soa lá mto bem a palavra adeus, mas já a tenho dito no sentido de até mais logo, até à próxima, sem qualquer conotação negativa e não me sinto incomodada por proferi-la. Adeus em francês é "au revoir", ou seja, até voltar a ver, o que pode levar um dia ou um ano, mas o até já, qdo as pessoas sabem que vão estar uns bons meses fora ou nunca mais se vão ver, me parece desadequado.

    Até já é "coisa" breve, mas eu tb entendo o desanuviar que algumas pessoas querem dar às palavras e os brasileiros são exímios nisso.

    Como tu escreveste é deus que se despede por nós, e portanto estamos a salvo-rs. Tens imensa imaginação com as palavras e as sabes separar, trocar, fazê-las opostas e mto mais. Escreves bem, resumindo, e com muitas metáforas.

    Grata por teu comentário no meu blogue. O meu poema não dá mto para comentar, pke são divagações e só a última estrofe tem cariz sensual.

    Beijos, abraço desinfetado e bom final de semana et "à bientôt" (até breve ou até já).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em português e espanhol, o adeus tem uma carga de dramaticidade, de finitude muitas vezes desnecessária. Tudo passa e as idas e vindas fazem parte da vida e quando não temos controle sobre os adeuses, resta-nos confiar a Deus. Não o Deus mítico dos religiosos, nem o ser místico, mágico que poderia te ajudar na limpeza ou "quebrar o galho" de muita gente. Falo do Deus, força superior, que não faz o que nos cabe fazer. Mas nos dá força para passarmos por tudo o que precisamos passar.

      Quanto às palavras, elas são alquímicas, encantadas e mesmo encantadoras; preciosas joias que podemos lapidar e lhes dar novas formas e usos, é a magnífica arte de escrever.

      Um abração desviralizado, com votos de um fim de semana com tudo de bom.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.





Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Clima e cotações|Faça uma doação|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.





Follow
View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM