A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



sábado, 28 de julho de 2012

Preconceito “nos olhos dos outros é refresco”




 
Certamente devemos combater toda e qualquer forma de preconceito e discriminação: racial, de classe, gênero, credo... Respeito ao ser humano é o mínimo que se espera de gente verdadeiramente civilizada e minimamente educada.

 
Eu estava no banco e presenciei uma cena que vou chamar de “descabida” para não admiti-la deprimentemente vergonhosa. A cidadã, uma mulher negra, com os cabelos tingidos de loiro. Ao ter sua entrada impedida pela porta giratória que travou, bradou: “EU SOU JORNALISTA, TENHO NÍVEL SUPERIOR! NÃO SOU BANDIDA. NÃO ESTOU AQUI PARA SER BARRADA”. Só agora eu descobri que profissão e grau de escolaridade, são atestados de idoneidade, e por si só, servem de “chave” para abrir portas. Mas o pior estava por vir. Num discurso infeliz e que considerei uma pérola do preconceito: “EU TENHO NÍVEL SUPERIOR. NÃO PASSEI DEZ ANOS NA UNIVERSIDADE, PARA SER BARRADA POR UM VIGILANTE”. É... Talvez se fosse o gerente, o dono do banco ou qualquer vagabundo pós-graduado. Mas, “um vigilante”?! Será que foi porque o rapaz era afrodescendente (como ela), será que foi porque ele não tinha o cabelo pintado de loiro? TPM? Stress? Trauma? Complexo? Dormiu de calça jeans? Foi efeito da tintura? ... Ou pura e trivial cretinice mesmo?

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Compartilhe:

12 comentários:

  1. Muito bom vc tocar nesse assunto, Antonio. Essa moça certamente se acha superior e foi mesmo muito infeliz em destilar sua indignação, pq demonstrou o qto é preconceituosa. Uma contradição.

    Ah,depois me explica melhor sobre a blogagem coletiva do dia 31.

    bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paty.

      Pois é. ensino formal, sem educação doméstica. Pouco ou nada adianta. Tem muito analfabeto infinitamente mais bem educado.

      Quanto a blogagem coletiva. Será 31 de agosto (dia do Blog). Basta postar nesse dia em seu Blog um texto sobre as relações de amizade, construídas através da arte de Blogar. Depois publique nos comentários da nossa postagem: Blogando entre amigos uma pequena frase alusiva ao dia, junto com o link do seu post que será compartilhado no Twitter e Facebook.

      Um abração e bom final de semana.

      Excluir
  2. Olá estimado Antônio,

    Quantas raças humanas existem? Negra, Branca e Amarela. Conhece mais alguma? Esta denominação de afrodescendentes é eufemística.
    Estive há um ano, atrás, sensivelmente, numa ex-colónia portuguesa, em África e o racismo entre eles (negros) é de bradar aos céus. Suponha, o vigilante da piscina se chama de Márcio, então eles gostam que os brancos digam: Ó preto Márcio, chegue cá, por exemplo. Não dá pra classificar, este comportamento

    Quanto ao caso referido no seu texto, é um absurdo e mostra bem, o racismo que eles, negros, sentem em relacão uns aos outros, sobretudo se têm formação superior. Eles/elas pintam cabelo de louro, desfrisam e não se põem ao sol. Então o que é isso?

    Grata pela sua visita. Amanhã, no final do dia (hora portuguesa) haverá novidades no "AFETOS".

    Bom fim de semana.
    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luz.

      Para mim, existe uma única e singular raça humana. Ninguém é melhor ou pior, inferior ou superior por causa da cor da pele. Racismo e toda forma de preconceito, é coisa de gente tacanha, de mente tísica e alma pequena. Escolaridade e titulação não são medidas de caráter, dignidade e sabedoria. No Brasil se tenta esconder o racismo debaixo do tapete. Mas ele existe e não só do branco para o negro, mas também de alguns negros que não se aceitam, não se assumem e discriminam os outros. Quanto ao eufemismo do “afrodescendente”. É mais um modismo, é a frescura do “politicamente correto” intentando dissimular a realidade com palavras e expressões bonitinhas. A maior devoção do brasileiro é por “Nossa Senhora da hipocrisia”.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
    2. Oi Antônio,

      Nossa Senhora da hipocrisia, nao conheço mesmo, de jeito nenhum. E sou católica, temos, por isso, um montão de santos e santas.
      Claro, que entendi muito bem o que quis dizer.

      Abraços da Luz.

      Excluir
  3. Olá amigo! Bom post como sempre, para alertar as pessoas e mostrar o que é falta de educação, é isso mesmo, nada mais do que isso,infelizmente as pessoas pensam que são o que na verdade não são, isso é complexo de inferioridade, eu acho.
    Que pena né amigo?
    Abraços e tenhas um bom domingo!
    Ivone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivone.

      Pois é. Pessoas que não se aceitam, não se resolvem interiormente. Exteriorizam desatinos deseducados, que denunciam pobreza existencial.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  4. Status e Poder adquirido socialmente não traz benécias espirituais a ninguém... Completamo-nos em nossas diferenças. Infelizmente, os desprovidos da educação mínima que deveria vir do berço, são em geral, autores dessas cenas histéricas e sem nenhum bom senso.
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  5. Muito triste e bastante comum ver isso. Já presenciei casos parecidos, do tipo "Você sabe com quem está falando?" é de doer!!!
    Muito bom o post.
    Beijos meu querido!

    ResponderExcluir
  6. Olá querido amigo, como vai ?

    Lamentável esta situação, o pior é que é algo corriqueiro em nosso dia a dia... Nós mesmos, se não nos policiarmos e tivermos consciência do absurdo que são estas atitudes preconceituosas, acabamos contribuindo para que isso cresça e até se torne banal em nosso cotidiano... Sempre trabalhei com atendimento ao público e não tenho ensino superior... Já passei muita vergonha por ser destratada por pessoas que acham que dinheiro e diploma as fazem superior... Acreditam que isso é atestado de credibilidade, enquanto o resto dos simples mortais são lixo...
    Quem dera se diploma e dinheiro fossem sinônimo de caráter, bom coração e evolução espiritual...
    Muito triste termos ainda que presenciar tanta ignorância...

    Um enorme abraço e que seu domingo e semana seja de alegrias :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Antôniooooooooooo!

    Não gostou, não? Mesmo nada, nada.
    Houve uma paragem no percurso, né? E queria continuar, porque pra frente é que é o caminho.
    Pois é, meu querido vai ter que esperar e "jejuar" uma semana. É muito tempo. Aguente, por favor! Use a imaginação, mais uma vez. Só pode, né?

    Boa semana.
    Um abraço da Luz.

    ResponderExcluir
  8. Oi Antônio,
    O que é pior em muitas pessoas é que fingem ser o que não são,usam de arrogância para tratar as outras pessoas,mas quando vão falar de preconceitos não admitem tê-lo.
    Eu sei que o mundo não é essa coisa de pessoas sem preconceitos,assim como também sei uma coisa capaz de mudar o rumo de qualquer situação ou vida,isso chama-se respeito!
    Eu sou para os outros o que espero que sejam comigo,e se trato alguém com indiferença devo esperar o mesmo,afinal o que vai volta,isso é certo.
    Adorei o post!abraço,=)

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.