Ser humano - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Conversa

Numa conversa , o viver versa, proseia, a vivência se dá a conhecer. hÁ tanto tempo te conheço e tanto te desconhecia... Só agora compree...

Ser humano

Publicado em segunda-feira, 24 de agosto de 2015


Ilustração oficial do blog - Uma rosa vermelha na diagonal, sobre um fractal do por do sol, com o nome Apon em relevo, na parte inferior da imagem. #PraCegoVer

Antes do gênero, do essencial e do efêmero;

da classe social, do rótulo racial, do nível cultural;

da escolaridade, da hereditariedade;

da opção sexual.

Ser humano!


Além da teologia, da ideologia, antropofagia;

da teogonia, da agonia nossa de cada dia.

Do diploma, do idioma;

da naturalidade, da nacionalidade, da ancestral idade;

do dilema, teorema, do poema;

da ascendência, da descendência.

Ser humano!


Acima do vício, do ofício, do ócio;

da moralidade, da dualidade;

da promessa, do que professa;

da menorá, da hóstia, do agdá...

Do tempo, do vento;

relógio, necrológio;

do que veste, do que despe;

heroico, paranoico;

erótico, caótico.

Ser humano!


Apesar do frígido, do fingido,

do trago, do amargo;

do porre, do que corre;

do aborto, do morto,

do incerto e do torto.

Da quadrilha, da partilha;

da mentira, da ira.

Ser humano!


Lógico e ilógico,

patético e poético,

pragmático e profético,

ecológico e predador.

Sábio e néscio,

luminoso e trevoso,

humilde e orgulhoso,

barulho, silêncio...

Ser humano!

Ser.

Humano.


Antonio Pereira Apon.

Siga-nos

Dê uma espiadinha em nossas postagens mais recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM