Amigos não tão virtuais - A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!



Clique para exibir/ocultar os posts mais recentes e mais opções do Site.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

 

                    Amigos não tão virtuais              

     

... nem parecem, virtuais. Não costumam ser muitos, como muitos não são os amigos presenciais, mais como esses, vão chegando de mansinho, e como quem não quer nada, vão se achegando e criando morada em nosso coração. A amizade é adimensional, atemporal, transcende às telinhas, transborda e inunda a realidade...


Antonio Pereira Apon.



Mão na tela touch.


Por trás das palavras digitadas, de cada postagem, de cada comentário, clique… Existe uma pessoa, uma alma, alguém se comunicando nesse intercâmbio, interação, dita, virtual. Uns apenas passam, teclam e se vão, outros aparecem eventualmente, mas, alguns fazem-se constantes, criam laços e vão ficando, semanas, meses, anos… Tornando-se verdadeiros amigos. Tão presentes e constantes que se fazem reais, nem parecem, virtuais. Não costumam ser muitos, como muitos não são os amigos presenciais, mais como esses, vão chegando de mansinho, e como quem não quer nada, vão se achegando e criando morada em nosso coração. A amizade é adimensional, atemporal, transcende às telinhas, transborda e inunda a realidade, pois é gente como a gente do outro lado da interface cibernética, internética, informática, que podemos sim, chamar de amigos.

Esse texto nasceu de uma resposta ao seguinte comentário de nossa amiga Ivone, do Blog Poemas sem Peias, aqui postado:


Ivone, quarta-feira, 19 de julho de 2017 13:55:00 BRT

Querido amigo Antonio, linda a homenagem à sua amiga Leninha, sei que não é fácil a separação, mesmo sendo amizade virtual, pois a alma é a que se comunica, sendo assim, a alma é imortal, vai para o mundo espiritual e lá volta à sua forma original, a de espírito!

Imortalidade, eis a que também creio, pois não teria sentido a vida por aqui com tantas emoções envolvidas!

Vamos indo, amando, sentindo, percebendo, sendo eternos, pois "lá" é igual aqui, tudo continua até quando decidimos voltar, digo que isso é como um "revezar" um pouco por aqui e outro tanto por "la"!

Abraços apertados!


Falando de amizade:



Amiguinhos.



Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

   
 
 

14 comentários:

  1. Que bom que gostastes do meu comentário, a alma, o espírito sente, isso não importa a distância e tampouco se se conhece pessoalmente!
    fiquei feliz por ter te inspirado, pois isso prova que entendes bem de alma, de amor e carinho mesmo sendo virtual que como dizes em seu título, e texto. "Amigos não tão virtuais assim"!
    Obrigada pela amizade e pelo carinho e feliz dia do amigo, meu amigo sempre querido, Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amizade é assim, transcendente, incondicional, virtualmente real.

      Obrigado. Um abraço amigo.

      Excluir
  2. Agradeço, Antonio, sua presença sempre amiga e inteligente. Você valoriza meu espaço-blog! Obrigada! E, não necessitamos de "quantidade", no quesito amigo, mas sim, de "qualidade". Isso você tem de sobra.
    Abraço amigo da Célia.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Bom dia. Infelizmente tem algo errado com o link, entrando nele, o Youtube diz:

      "Este vídeo não está disponível.
      Desculpe."

      Um abraço CÉU.

      Excluir
  4. Oi, António!

    Estou reprovadíssima em matéria de Internet e seus afins (rs).
    Não tem importância nenhuma. Talvez para a próxima, mas vou, contudo, te dizer que o nome do cantor é Miguel Gameiro e o título da canção: "Dá-me um abraço".

    Abraços e bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece... Não desista.

      https://www.youtube.com/watch?v=uxBEy61xN-A

      Abraço dado.

      http://m.aponarte.com.br/gifs/Frajolinha.gif

      Bom fim de semana.

      Excluir
  5. Que surpresa BOA, Tonico! MUITO OBRIGADA!

    Entendeste a letra toda da canção? É que o Português de cá, idioma, é um pouquinho diferente do daí, mas um abraço é linguagem universal.

    Abraço dado, abraço recebido e reenviado.

    Beijinho, minino e bom week-end.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claramente entendido e recebido abraço. Estando tão longe, estamos tão perto de um abraço. Silencioso abraço da amizade.

      "Amigo é coisa pra se guardar, do lado esquerdo do peito..."

      https://www.youtube.com/watch?v=wYhOB9dW43Q

      Um abraço amigo e uma semana com tudo de bom.

      Excluir
  6. Que letra bonita e significativa, Tonico! Adorei a canção da América. A voz é a de Milton Nascimento?
    Amigo, és tu, pessoa que guardo no centro do peito, com irradiações por todo o lugar.

    Só agora reparei no cachorrinho com rosa vermelha na mão. É para mim a rosa? É para todas as meninas (que "gulosa" eu sou!). Tão gentil e tão cavalheiro, tu és!

    Beijinho pra ti e pra nossa amizade.

    Boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, a voz é do grande Milton Nascimento num magnífico ode a amizade.

      Na verdade o "cachorrinho" é um gatinho, é o Frajola daquele desenho animado do Piu-piu e a vovozinha. Como a rosa está dentro de uma resposta a V.S.ª. então, essa é todinha sua.

      Um abraço e uma boa semana para ti também.

      Excluir
  7. Um parecer meu: continua pondo vídeos. Teu blog ganha ainda mais dimensão e interesse.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretendo fazer isso, continuar incluindo vídeos nas respostas. Na próxima postagem, que devo fazer ainda hoje, inclui no corpo da postagem um emocionante depoimento de Divaldo Franco.

      Excluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



Clique na imagem para ler um texto sorteado pelo sistema:
Textos para todos os dias. Curta a arte da vida!




Fique mais um pouquinho. Leia também...



Livros e vídeos:


Capa da segunda edição de : Essência.

>

Esse livro propõe uma incursão na alma humana, garimpando sentimentos e emoções, revelando-os em versos que retratam o homem moderno em sua incansável procura de si mesmo; seu contexto social, político e cultural em um mundo em transição.


Depois de 14 anos, atendendo a pedidos, estamos republicando Essência. Nessa segunda edição, incluímos o subtítulo: O livro do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Numa referência ao nosso poema integrante dessa publicação, que, absurdamente, tem aparecido na internet com o nome de autores famosos: Fernando Pessoa, Renato Russo, Chaplin... Ou plagiadores. No endereço: (http://aponarte.com.br/apedra), o amigo leitor encontra todos os esclarecimentos, inclusive algumas das formas de como o plágio tem se apresentado.

Capa da segunda edição da : Coleção
                            Graziela.

>

Aqui, pais e professores encontram uma forma prazerosa e divertida, de abordar temas como: Cidadania, comportamento, respeito ao outro e à natureza... Em sete contos, compondo um jogo de arte e educação, onde lúdica e naturalmente aos pequeninos são apresentados conceitos de: Ecologia, solidariedade, diversidade, coletividade, tempo, responsabilidade, motivação, interatividade, participação...


Textos que parecem se renovar a cada dia, conservando impressionante atualidade e sintonia. Espero que gostem.

Capa de Um dedo de prosa e poesia. A arte da
                vida.

São 125 páginas com 89 títulos em verso e prosa de Literatura Nacional, num livro prefaciado pelo professor, escritor, poeta e trovador Orlando Carvalho. Crônicas, mensagens, poesias... amor, humor, reflexão, arte, cotidiano, atualidades, auto-ajuda, espiritualidade...