Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!


Hoje é dia de quê? - Pensamento do dia.

Leitura sorteada - Nossos vídeos - Nossos escritos mais recentes
Ofertas e promoções.

Encontre aqui

Mostrando postagens com marcador Apon. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Apon. Mostrar todas as postagens
Novo por dentro; advento ou eventualidade

Novo por dentro; advento ou eventualidade

Hoje, que ontem era futuro, amanhã já passou. A gente procrastina, como quem ao destino destina, nosso desatinar. Sempre posterga; prum ano novo remediar. Sem se fazer novo por dentro, não se faz advento, só, eventualidade. O futuro alimenta a ilusão, finge estar distante, quando a um instante está…
Chapeuzinho verde - Antonio Pereira Apon

Chapeuzinho verde - Antonio Pereira Apon

Chapeuzinho Verde era uma menina muito preocupada com a natureza, ela cuidava dos animais e das árvores, que eram todas suas amigas. Ela se chamava Chapeuzinho Verde, porque usava um mimoso chapeuzinho dessa cor, o que ela mais gostava de fazer era conversar com as árvores: - Olá dona árvore! Como …
Para não dar o braço a torcer

Para não dar o braço a torcer

Não enxerga o que vê, não escuta o que ouve; tomando o errado por certo, erra. Perturbada ação, perturbação. Fala, mas nada diz. Assim, descaminha e desencaminha a humanidade; trevosa, raivosa, doente. Tem gente, que não enxerga o que vê, não escuta o que ouve, não diz o que fala, não sente o sentir…
Anelo - Legendando fotografia literária no blog Espiritual Idade

Anelo - Legendando fotografia literária no blog Espiritual Idade

Verde, anelar de azul e amarelo para nos salvar do calorão, do efeito estufa dessa climática conturbação. Vida pra gente pro planeta viver; verdejar. O verde, anelo do azul junto ao amarelo; azulado céu e mar, amarela luz solar. Fotossíntese, verde síntese que há de nos salvar; clorofila, mãe e filh…
Bom dia para um, bom dia!!!

Bom dia para um, bom dia!!!

A página em branco de mais um dia, convite; para escrever, desenhar, pintar, compor na arte da vida e do viver, a possível poesia de um bom, bom dia!! Quando a noite desce sobre os telhados, repintando a paisagem, a silhueta arquitetônica; os corpos dormem, as almas sonham, pesadelam; vagam entre as…
Irmãos em guerra

Irmãos em guerra

Judeus e Palestinos, o DNA confirma: filhos de Abraão. Mas, fundamentalistas, extremistas; customizam o “sagrado”; adequam Deus, aos interesses seus. Um, filho de Sara, o outro, de Hagar; Isaac e Ismael, judeus e palestinos; a ciência afirma, o DNA confirma: ambos, filhos de Abraão. Mas, hipócritas …
A cor da gente

A cor da gente

Não diz da gente; não implica em tristeza ou alegria, carrega a poesia de se ser quem se é. Sem tolices conjunturais, sem cretinices estruturais... A cor da gente, é a cor e tão somente; não superioriza nem cabe inferiorizar, não nos mente nem desmente, bota ou desbota; não diz da gente. Não é sent…
Travessia, saber que não sei

Travessia, saber que não sei

Tropeçando em minhas dúvidas, até nas certezas; vou tentando equilibrar nessa travessia, a vida, entre a ignorância e o saber, o curso do percurso... Eu que “sei de tudo”, mesmo quando não sei de nada; sigo tropeçando em minhas dúvidas e até nas minhas certezas, consigo tropeçar. Cheio de perguntas…
O “criado-mudo”, cansou de calar - Dia da consciência negra, consciência humana

O “criado-mudo”, cansou de calar - Dia da consciência negra, consciência humana

Basta de “nigrinhagem”! De “coisa preta”, “lista negra”, “ovelha negra”? “mercado negro”? “Mulata”?! “Homem de cor”?! “Magia negra”?! Pare de “judiar” da gente! “Inveja branca” o escambau! Racismo estrutural? Grande desvergonha, nem banho de Creolina para limpar. Não venha com esse “samba do crioul…
Marketing digital, verdades e mentiras; influenciadores espertalhões e seus iludidos seguidores

Marketing digital, verdades e mentiras; influenciadores espertalhões e seus iludidos seguidores

Cada caso de sucesso, centenas, milhares de insucessos. Jovens e adolescentes tardios (passados dos 30), seguem o canto de sereia do marketing digital, como os desavisados do mito grego, só acordando tardiamente, dando de cara com as duras pedras da realidade. Como em todas as áreas da atuação human…
O espírito do homem e o homem do espírito

O espírito do homem e o homem do espírito

Como disse Paulo de Tarso: “O homem só morre uma vez”. Já o espírito, esse morre e renasce quantas vezes forem necessárias. Dia de finados? Dos mortos? A vida segue além da vida. O homem da vez, só morre uma vez; da próxima vez, já será outro o homem. O espírito é único, os corpos são múltiplos. O h…
Menina, me nina

Menina, me nina

Um poema de aniversário para minha mulher menina, que me nina os sonhos e inspira a realidade. Minha pequena Rosi, little Rosi do meu coração. Minha mulher menina, me nina a poesia de te amar, acordado sonho, te encontrar. Partilhar as flores dessa sua primavera, à vera, girassóis ao sol do seu olha…
Seja archote, a sorte

Seja archote, a sorte

Busque, busque-se numa fagulha de esperança, chama de confiança, lume de acreditar, a sorte de descrer no azar. Não ser um caso perdido, ao acaso... Se a noite do desânimo descer, crescer a sombra da desesperança, a ansiedade se achegar, chegar o gelo da depressão, a frigidez de se desencontrar. Bus…
O estagiário 2. Barrados no céu

O estagiário 2. Barrados no céu

São Pedro. - Colocar um estagiário de extrema direita, com certeza, transformaria o céu num Brasil. Deus nos livre! Só o Xandão na causa. São Pedro foi chamado para uma audiência com Deus e pediu para um estagiário tomar conta da portaria do céu. Menos de uma hora depois, o porteiro celeste, retorna…
Investimento - Na "bolsa" da vida, na "carteira" do viver. Qual o nosso?

Investimento - Na "bolsa" da vida, na "carteira" do viver. Qual o nosso?

Arriscar a saúde, é prejuízo! O curto prazo, na aposta na sorte o risco do azar. Deus aplicou talentos, no longo prazo humano, nossos riscos... E você? Assim como na vida da bolsa, na bolsa da vida, é preciso saber investir. Arriscar a saúde, costuma dar prejuízos impagáveis; o investidor termina pe…
Quem te ensinou? - Dia do professor, 15 de outubro

Quem te ensinou? - Dia do professor, 15 de outubro

Ler e escrever, interpretar, compreender a ciência da vida, a arte do viver. A escola que cola, sem precisar colar. Professor. Eis quem te ensinou. Quem te ensinou a ler e escrever, interpretar, compreender; entender a ciência da vida, a arte do viver. Lidar com a língua culta, a História por vezes …
Bom ânimo

Bom ânimo

Sol, rio, semente... E a gente? A breve flor do ipê, faz a sua parte; natural arte, independente de porque, pra quê? Acorda o bom ânimo que dormita. Todo dia o sol se anima a brilhar, não desanima com a noite que passa, com a tempestade que passará. O rio flui animado, segue o curso do viver; mais …
Ser nordestino. Orgulho de paraíba, de baiano...

Ser nordestino. Orgulho de paraíba, de baiano...

Mais que um gentílico, nordestino, é uma convicção. Somos todos uma só gente. Povo que não dá trela pra bazófia. Manda o bazofeiro se assuntar! Antonio Pereira Apon. Pode nos chamar de paraíba ou de baiano, maranhense, sergipano, piauiense, alagoano, cearense, paraense, pernambucano; somos todos uma…
Surtados

Surtados

Desachados de nós mesmos. Muita arma, pouca alma; balas perdidas, encontrando quem não se perdeu. Caricata supremacia, delírio da brancura mestiça. Ansiosos, deprimidos, nos achando tão perdidos; escondidos de nós mesmos, de tudo e de todos. Cotidiano psicótico, neurótica rotina, tempos surtados. Mu…
Deus e o silêncio

Deus e o silêncio

Barulho em sua vida? Não é divino. Deus está na alma da calma, na oração do coração. Deus na gente, com a gente; silente comunhão. Deus fala em silêncio, o barulho em sua vida, não é de essência divina. Ele é qual o tempo que flui como um rio; silenciosamente, redesenha paisagens, reescreve destinos…

Quem sou eu

Minha foto
Autor do poema: A pedra. O distraído nela tropeçou... Procurando escrever em prosa e verso com a arte da vida.

Se você deseja contribuir com nosso Blog/Site Apon na arte da vida ou com nosso canal Apon na arte do viver. Pode fazer um PIX de qualquer valor. No app do seu banco ou carteira digital, basta copiar e colar a chave abaixo.



Siga-nos

Dê um toque. Leia um escrito especialmente sorteado para você. Clique na figura abaixo.
Clique aqui, para ler um texto aleatoriamente selecionado pelo sistema.

Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Rosa da amizade/Afeto enviada pela CÉU.


Troféu rosa da amizade/Afeto.


Rosa da amizade/Afeto do Poetizando e encantando da Professora Lourdes..



|Siga-nos|Livros|Ofertas e promoções.|Clima e cotações|Faça uma doação|Nossos escritos mais recentes|



Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira Apon. E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Fale conosco.



A pedra. Poema de Antonio Pereira Apon.

Esse meu poema: A pedra. Continua aparecendo na Internet em versões equivocadas: Primeiro o “Autor desconhecido” e os plagiadores, depois, como de Chaplin, Fernando Pessoa... Agora surge como de Renato Russo ou sem citar a autoria (Sobretudo no Instagram). Peço ao amigo leitor. Que divulgue, alerte e esclareça em seu Blog, Site, Rede social, Grupo, Lista...O real autor é Antonio Pereira Apon.
Para mais esclarecimentos:

Clique aqui, para ler todos os esclarecimentos.

View My Stats

DMCA.com Protection Status


@INSTAGRAM