Âncoras e asas



... verbalização positiva, não realiza mágicas, nem opera milagres, mas insufla o ânimo, potencializa as forças, habituando a "máquina mental" à otimização dos recursos e...


Antonio Pereira Apon.


Caneta nos ares. Composição de Antonio Pereira Apon.


O que falamos, ratifica e condiciona nossa postura mental. Palavras e frases servem como âncoras ou asas, induzindo-nos à estagnação ou impulsionando-nos para adiante. O discurso negativo, no mínimo arrefece o entusiasmo, minando a vitalidade das ações.


Pessoas que vivem reiteradamente a repetir: "não sei, não posso, é difícil, depois eu faço, deixe para amanhã, é impossível, desisto, não tenho forças, está insuportável, eu não aguento mais...", acostumam o cérebro à acomodação, negligência e preguiça, tornando-se improdutivas e incapazes; lançam âncoras psíquicas, que lhes obstam o avanço.


A verbalização positiva, não realiza mágicas, nem opera milagres, mas insufla o ânimo, potencializa as forças, habituando a "máquina mental" à otimização dos recursos e possibilidades: "eu posso, eu quero, eu faço, essa é a hora, vamos já, eu sei, eu aprendo, eu consigo...", eis as possíveis "senhas de acesso" às realizações e vitórias. As asas libertadoras, que nos livram da mediocridade.


Qual a sua escolha?



(Postado aqui em 05 de agosto de 2007).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Olá Antonio!
    Muito prazer estar aqui conhecendo o seu trabalho! Adorei a mensagem e eu, claro, prefiro as asas! Com elas podemos ir longe... basta querer e acreditar!
    Também não gosto do negativismo e acredito que as palavras negativas são âncoras que lançamos e que acabam nos prendendo às mesmices da vida, resultando em lamúrias e atraindo cada vez mais limitações...criadas por nós, claro!
    Por isso prefiro seguir adiante, com asas fortes para descobrir o que virá pela frente!
    Excelente texto!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  2. Belo comentário Jackie.

    Fomos criados para voar acima das dificuldades. Nosso desiderato é o de romper o círculo estreito das coisas pequenas. E voar, voar...

    Obrigado pela leitura e comentário. Volte sempre!

    Um abração.

    ResponderExcluir
  3. Antônio,

    Eu já fiz a minha escolha pelas palavras e atitudes positivas. A nossa vida pode melhorar principalmente quando deixamos de lado aqueles não que damos a nós mesmos.


    Um Abraço

    ResponderExcluir
  4. É isso Fabio.

    Positividade atrai positividade.

    Obrigado por sua visita e pelo seu comentário.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  5. Olá Antonio!

    Tudo o que contribui em nosso interior a seguir com informações positivas, fazem de nós pessoas mais saudáveis, ao passo que eu até chamo de milagre, é quando a pessoa conquista mudança de padrão nessa troca a qual você abordou, uma vez que sabemos que é preciso muito empenho e dedicação para trocar os vícios que com o decorrer do tempo, tornam-se imperceptíveis a nossa visão - percepção. Mas com uma boa vontade, caminhamos em direção ao exercício, transformando em nosso interior a forma negativa (vício) por formas positivas (vida) tudo o que queremos construir em nosso caminho.

    Um abraço,
    "Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

    ResponderExcluir
  6. Oi Vera!

    A lei é de evolução. Podemos até tardar “ancorados” nas ilusões e enganos. Mas um dia, acende-se uma luz interior que nos veste as asas da libertação, e podemos voar para além da província do eu.

    Obrigado pela leitura e comentário.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  7. Olá querido António,

    Eu adoro os seus textos!
    Você já se apercebeu de quantas metáforas usou neste?
    E depois aqueles trocadilhos, aquelas palvras, que se relacionam com Informática, dão ao texto aquele sabor de "comer e chorar por mais".
    O Positivismo surgiu com Augusto Comte, mas o Negativismo, acho que, surgiu com a Sociedade.

    Agradeço suas palavras e visitas ao meu blog. Afinal, nós somos já amigões.

    Um abração de luz (imitei você).
    Excelente dia.

    ResponderExcluir
  8. Olá meu querido amigo virtual !!

    Como sempre nos trazendo postagens iluminadas e inspiradoras !!
    Concordo totalmente que nossas palavras tem este poder, de nos dar asas ou nos aprisionar nas âncoras do desânimo.
    A vida tem seus momentos difíceis para todos nós, mas se nos entregarmos a este tipo de pensamento e afirmação negativa, com certeza afetará nosso ânimo para seguir em frente !
    Então vamos fazer uso das palavras positivas e manter viva assim a esperança e a garra para voar por aí nesta benção que é a vida !!

    Grande abraço e boa semana !!!

    ResponderExcluir
  9. Antonio Querido!

    Asas! E que possamos voar tão alto,até alcançarmos as estrelas!
    Então, que possamos brilhar tal qual uma estrela!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Antonio! Aqui estou bebendo na fonte de suas ricas mensagens! Usar de positividade é a melhor arma para vivermos intensamente tudo. Sem medos, sem reticências investindo apenas no que deve ser feito. Todos sabemos o como, infelizmente muitas vezes subornamo-nos. Realidade e força de vontade nos amparam nas boas ações! É seguir apenas.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  11. Concordo plenamente, Antonio

    Aplico essa técnica em minha vida todos os dias, palavras só as que geram vida e ânimo, otimismo sempre,elas por si só não mudam nada, mas ajuda-nos a ter forças para mudar.

    Postei a segunda parte da brincadeira das palavras, você está lá no meu post, dê uma olhadinha nele, o "Véspera de festa..."

    A palavra que me deixou sobre você será postada em breve com uma pequena descrição do que acho sobre seu blog, estou seguindo a ordem e chegando em você. venho avisa-lo quando te descrever lá, o de hoje é um simples agradecimento que eu gostaria que você recebesse.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Fantásticas suas palavras meu bom amigo, alias, como sempre, você é uma pessoa a quem muito admiro.

    Sempre lamento ver quem se prende ao negativismo, ao vitimismo, mas sei que dia há de chegar que vão amadurecer, despertar e mudar suas condutas. Mas enquanto este momento não chega, infelizmente ficam presos em suas ancoras de ilusões e limitações.

    Sem dúvida alguma, escolho ser positiva, acreditar em mim, acreditar na vida, saber que somos muito mais capazes do que supomos.

    Feliz tarde amigo, beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. há quem viva arranjando desculpas pra deixar de viver, e quando tem a sensação de tempo perdido, se arrepéndem por ter deixado a vida passar...

    ResponderExcluir
  14. Olá querido António,

    Passando para dar uma espiadinha literária, e, simultâneamente, lhe desejar um dia cheio de sorrisos e abraços.
    Dois comentários iguais, meus? Se quiser poderá eliminar um, sem problema.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  15. Puxa vida Antonio!

    Que parabéns foi aquele que você me deixou? Que comentário mais lindo, inspirado, generoso.

    A sua sensibilidade, riqueza de expressão e grandeza pessoa, me deixa cativa. Me cativaste como leitora, me cativas todos os dias como amiga.

    Muito obrigada!

    Pela sua presença de sempre, pelos seus textos, pela participação em minha festinha, pelo carinho.

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Precisa de tinta para escanear?

Vidas por um cinto. Sinto...

Qual o limite da amizade?

Poema para o amigo - Feliz dia do amigo!

Amigos não tão virtuais

Acróstico junino

Um até...

Querido defeito de estimação…