Mundo novo



... vale-tudo, uma rinha sem escrúpulos onde qualquer fim Justifica todos os meios. É solitário viver em meio à multidão Adestrada para...


Mundo entre os prédios da cidade.


Que mundo é esse

Em que sabemos tudo e não sabemos nada?

a "liberdade" é mera cilada

Para quem vive livremente gradeado

Na insegurança do seu "apertamento"

Debruçado na "janela eletrônica"

Vendo notícias tão próximas

De corações tão distantes.

Ficou comum:

Morrer de "bala perdida(?)",

O corpo anônimo estendido na avenida,

Gente resumida a dígito na estatística policial;

Deus é vendido em magazines de mármore e hipocrisia,

Ser criança é "pagar mico",

Ser honesto é ser otário...

Que mundo é esse? ...

Um vale-tudo,

Uma rinha sem escrúpulos

Onde qualquer fim

Justifica todos os meios.

É solitário viver em meio à multidão

Adestrada para o ter e sufocar o ser,

Conectada, globalizada,

Mas Desplugada de si

Segue essa romaria sem rumo...

Que mundo é esse? ...



(Postado aqui em 03 de agosto de 2007).



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Bom dia amigo poeta, pois é, os "ANOS DOURADOS" passaram, (também com seu lado obscuro e sombrio), mas aqui na Terra dizem que é um mundo de espiação, embora eu não acredite nisso, pois tem muito também de belo e de lindo e pessoas também maravilhosas!
    Eu como sou pisciana adoro ver esse lado lindo da Vida, não sou alienada, mas só posso fazer a minha parte, cuidar de mim para não fazer ninguém sofrer pelos meus atos,seria bom se todos fizessem o mesmo, assim como você, alertando para essas coisas que nos fazem sofrer!
    Abraços amigo poeta querido!
    Ivone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivone.

      Um mundo verdadeiramente novo e melhor, depende de todos e de cada um. A beleza e o bem, percebe quem permite a floração da esperança no coração.

      Um abração e bom final de semana.

      Excluir
  2. Olá, Antonio... colocações certíssimas e muito atuais... Nisso tudo, o idoso descartado como "não serve para mais nada"... Um ciclo humano, desumano!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a inumana ciranda do materialismo, do individualismo. Precisamos reciclar, resignificar conceitos como: Modernidade, humanidade, progresso...

      Um abração e bom final de semana.

      Excluir
  3. Oi, Antonio!

    Gosto tanto de suas poesia, seus textos!
    Tão reflexivos, tão atuais!
    Para onde vamos? Estamos nos enclausurando dentro de nós mesmos!
    Por vezes, parece não existir "mundo" lá fora!
    Um ótimo fim de semana para você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos nos tornando ilhas de ilusão e artificialismo. Caricaturas de humanidade.

      Bom fim de semana para ti também.

      Excluir
  4. oLÁ !Lindo Dia Antonio-Abriram os portões do "Umbral" e os mauzinhos escaparam todos para cá.Falta Fé,muitos não mais enxergam o "Artista dos Universos"só passaram a ver,$$$$.E o Brasil propicia isto,pois é uma país atualmente que dá cobertura e afrouxa as suas leis para "bandidagem".Parabéns pelo Texto.Bjus\Flor*(Antonio,esta valendo ainda o dia 31\08\2012?vai rolar a nossa Corrente?.....como faço mando a ti por mail,ou só coloco o link aqui e publico no meu com teu link?rsrs To Perdidinha..me retorne sim?)Valeu....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que boa parte desses "mauzinhos" estão no poder, muitos legislando em causa própria.

      Quanto a blogagem coletiva, será 31 de agosto (dia do Blog). Basta postar nesse dia em seu Blog um texto sobre as relações de amizade, construídas através da arte de Blogar. Depois publique nos comentários da nossa postagem: Blogando entre amigos uma pequena frase alusiva ao dia, junto com o link do seu post que será compartilhado no Twitter e Facebook.

      Um abração Cecília. Obrigado pela participação.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Com a palavra, a palavra!

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!