Deficientes



Eficiência e ou deficiência costuma transcender à condição meramente física. A mente, o espírito pode determinar toda a diferença. Corpos sadios, podem esconder um ser doente e vice-versa.


Antonio Pereira Apon.


Linha de chegada.


Tem pessoas:

De olhos perfeitos,

mas, mente profundamente cega.

Donas de ouvidos sadios,

com discernimento surdo.

Com falar fluente,

de sentimentos mudos.

Possuidoras de tato apurado,

conservando o ser insensível.

Dotadas de membros ágeis,

cultivando pensamentos paralíticos.

De raciocínio rápido e sagaz,

disseminando conceitos letárgicos.

Assim:

Deficiência,

não é o que limita o corpo,

mas tudo que manieta a alma.

(postado aqui em 08 DE MAIO DE 2009).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Boa noite Antônio,

    É isso mesmo.
    A mente é que comanda o corpo, e quando ela é deficitária, nada feito.
    Chegou, um pouquinho cedo, hoje, sim.

    Bom final de semana.
    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Antonio!
    Vir aqui é certeza de encontrar um texto de qualidade pra nossa reflexão!

    E lendo o que vc postou, reflito na imensidão dos deficientes morais, e emocionais que transitam pelo mundo.
    Que possamos, se tivermos deficiências no olhar, no sentir, no escutar, no perceber o outro, trabalharmos com carinho e humildade esses equívocos em nós mesmos, porque, afinal, se trata da nos melhorarmos cada vez mais.
    Parabéns pelo texto!

    Beijos da Lu...

    ResponderExcluir
  3. Olá Antonio,
    Realmente a mente é tudo. Adorei o texto!!!!
    Monte de bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Antonio,

    Maravilhoso!

    Seu poema deixa tão claro o que é a verdadeira deficiência.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Querido Antonio,

    Alem de lindo o seu poema é verdadeiro na íntegra!

    PS: Já dei uma folheada no seu livro e estou adorando. Parabéns e obrigada!

    Bom domingo. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado a você Sarinha. E a cada leitor que tem prestigiado nosso livro.
      http://www.agbook.com.br/book/31639--Um_dedo_de_prosa_e_poesia

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  6. Verdade...
    A mente que comanda o corpo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Falar fluente e sentimentos mudos...
    como se vê disso por aí...

    ResponderExcluir
  8. Olá amigo e escritor Antonio, que bom tudo o que postas aqui, é mesmo verdadeiro, mas as almas meu amigo, são todas em idades diferentes,nem todas estão no mesmo patamar, aprendemos e ensinamos, erramos, caímos e levantamos, nem todos, mas é assim a vida, eu aprendi um pouco, estou ainda assim como todos nessa "linda escola"!
    Abraços amigo querido e obrigada por sua visita e comentario no meu espaço, és sempre bem vindo por lá, eu amo ler aqui, podes crer!
    Ivone

    ResponderExcluir
  9. Perfeitoooo seu poema Antonio, aplausos ao seu talento, seu bom senso, a sua consciência e beleza de alma.
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  10. Tem pessoas que nem pessoas são...

    Grande abraço meu caro

    Leila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, tem gente que se desumaniza, embrutece.

      Um abração.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Aprendizado. Reflexões de aniversário

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Precisa de tinta para escanear?

Tempo sem pressa, sem preço

Meu partido é o Brasil. E o seu?