Gente é sempre gente, o resto é diferente



... Gente não tem cor! Tem sorriso, tem dor... Racismo é diferente! Gente é gente, não uma questão de gênero, uma opção sexual. Preconceito é diferente! Gente é gente, não um sotaque ou estereótipo cultural, não importa a naturalidade, a nacionalidade. Discriminação é diferente...


Chaplin em: O grande ditador.


Gente é gente,

a raça não nos pode diferenciar.

Gente não tem cor!

Tem sorriso, tem dor...

Racismo é diferente!

 

Gente é gente,

não uma questão de gênero,

uma opção sexual.

Preconceito é diferente!

 

Gente é gente,

Não um sotaque ou estereótipo cultural,

não importa a naturalidade,

a nacionalidade.

Discriminação é diferente!

 

Gente é gente,

independe do crer ou descrer,

de qualquer escritura,

dos dogmas de qualquer teologia humana.

intolerância é diferente!

 

Gente é gente,

não é uma condição financeira,

um ter ou não ter,

um desvaler social.

Desigualdade é diferente!

 

Gente é sempre gente!

Iguais, plurais...

O resto?

É o que intenta nos fazer desiguais!

 

Gente é gente!

Inumanidade é diferente!



(Postado aqui em 30 de dezembro de 2010).



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Acróstico junino

Precisa de tinta para escanear?

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Com a palavra, a palavra!

Meio ambiente, ávida vida

Pernas

Ser feliz é simples. Não complique!