A arte da vida. Apon HP


Obrigado por sua visita. Boa leitura!


Clicando na imagem, você lê uma postagem sorteada pelo sistema.



Pensata. Apon HP - Pense nisso...>

Nossos escritos mais recentes:



quinta-feira, 21 de junho de 2012

Simplesmente, poesia





... alquimia da palavra: Terrena e universal, finita e infinita, democrática e tirana...


Antonio Pereira Apon.


Ponte.


De que é feito o verso?
Do tudo e do nada,
do eterno e do provisório,
do ontem, hoje e amanhã.
Do seco e do molhado,
da noite e do dia,
do som e do silêncio,
da tristeza e da alegria.
O verso é feito:
Da paz e da guerra,
do drama e da comédia,
do sagrado e do profano,
erudito e popular.
Do celeste e do mundano,
água, terra, fogo e ar.
A poesia,
é a alquimia da palavra:
Terrena e universal,
finita e infinita,
democrática e tirana.
Douta e leiga,
acadêmica e primitiva,
alfa e ômega.
Ou simplesmente:
Poesia.



(Postado aqui em 16 de junho de 2009).


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Compartilhe:

Um comentário:

  1. Oi António,

    Poesia é vida, com tudo o que ela tem de bom e de mau.

    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.