Você é tudo

 

O destino conspira em silêncio,

a distância limita os momentos,

e o que é sombra

tenta toldar nossa emoção.

Mas o amor é flor do infinito,

poema que floresce bonito

num canto

recanto do encanto

onde sonha meu coração.

Se amar é vencer o adverso

lutar por você é meu verso

contra essa sórdida conspiração.

Meu pensamento,

meu sentimento,

o meu querer é você;

você é tudo

e tudo é você...

rogo a Deus para não te perder,

para não me perder

no vazio da sua ausência;

para não perder

da vida o perfume

nem as cores que você lhe deu.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Comentários

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

Precisa de tinta para escanear?

Folclore brasileiro em acróstico

Anonimato, internet e o anel de Giges

Você não precisa de cerveja para ser feliz

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Amigos não tão virtuais

Pai. Sem ser super, ser “Herói”