Bom dia! Sorria!



... Sorriso do gato de Alice, de Dali, da pintura de Da Vinci. O sorriso que der, o que vier; um sorriso qualquer, mesmo um qualquer sorriso...


Mona Lisa - Leonardo da Vinci.


Pinta um sorriso no rosto,

acorda esse seu viver.

Toca a força da luta,

Para vencer a labuta

e o sorrir florescer.

Coragem e boa vontade,

acordam plural alegria,

poesia para amanhecer.

A tela de cada face,

bela,

singular interface,

onde a vida pode e deve sorrir.

Sorriso do gato de Alice,

de Dali,

da pintura de Da Vinci.

O sorriso que der,

o que vier;

um sorriso qualquer,

mesmo um qualquer sorriso.

Sorria!

Bom dia!



Foto do autor: Antonio Pereira (Apon).


Nosso conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que
seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon). E inclua o link para o site: WWW.aponarte.com.br
É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem nossa prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.



Fale conosco.


Subscreva aos destaques RSS de:
Powered by FeedBurner

Comentários

  1. Lindo, sorrir, é isso, é preciso!
    Amei ler amigo poeta Antonio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorrir sempre! Apesar dos pesares. Sorrir!

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  2. Adorei o poema, Apon, um convite ao sorriso, lembando sorrisos famosos que temos na história... cada um a seu modo, o importante é sorrir! Minha filha esses dias disse, "mãe, você está muito quieta e séria... não gosto de vê-la assim". Ela sabe que o sorriso é uma das minhas marcas e o contrário disso não denota meu estado de alegria natural. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorriso é flor do jardim da alma, quando murcha ou não brota, algo está errado. As crianças tem uma boa percepção disso. Afinal, o sorrir é o natural dos pequeninos.

      Um abração e uma boa semana.

      Excluir
  3. Vim te visitar e deixar o meu abraço.
    Sempre bom vir aqui.

    Grande abraço

    Leila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. A recíproca é verdadeira.

      Um abração Leila.

      Excluir
  4. Sorrisos... Para mim uma das expressões que mais embelezam um rosto. Encantam-me os sorrisos dos casais felizes, das pessoas de bem com a vida, dos idosos e, principalmente, das crianças... Ah, o sorriso de uma criança! Sempre tenho a impressão de que quando uma criança sorri Deus está sorrindo através dela.
    Sou um pessoa de natureza sorridente, bem humorada, de bem com a vida, como costumam dizer. Mas nestes últimos tempos o meu sorriso se apagou... E quando o forço sinto que não é natural. Por vezes me pergunto para onde foram os sorrisos que estavam armazenados na minha alma... Levaram os sorrisos e trouxeram as lágrimas? Que troca mais difícil de aceitar!
    Mas aí vem uma criança e me olhar candidamente, me abre um sorriso que daria para iluminar o mundo, e por instantes as lágrimas secam, o sorriso aflora...
    Mas naquele momento, juro por tudo de mais sagrado (e olha que não gosto de jurar...), que senti o sorriso de Deus aquecer-me o coração.
    Desculpe, amigo, pelas "reflexões" por vezes desnorteadas que os teus poemas me trazem. Como são leituras aleatórias considero esta "conversa" também meio aleatória...
    Fica tudo por conta da insônia, e do prazer que tenho em estar aqui no teu refúgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natural que por momentos, a floração de sorrisos no jardim da alma diminua sobremaneira. Mas, o grande jardineiro que é o tempo, cuida e faz o espírito reflorir em novos sorrisos. Tudo passa e refletindo, construimos nossa renovação interior.

      Um abração.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar nosso texto. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

+ lidas nesses 30 dias

Apedra. Poema de Antonio Pereira (Apon). O distraído nela tropeçou...

A gente (Paródia de: A casa - Vinicius de Moraes)

Felicidade e as estações da vida

Precisa de tinta para escanear?

Os pais e a "baleia azul"

Ganhadores. O que faz a diferença

Aprendizado. Reflexões de aniversário

Tempo e amor