O detalhe é o povo - Apon na arte da vida

Bom estar com você aqui no APON NA ARTE DA VIDA!



Leitura sorteada - Nossos vídeos

Postagem em destaque

Por onde anda você?

Você, que vaga em meus sonhos, qual a brisa de outrora; acordando sentidos, acarinhando sentimentos; exumando lembranças, memórias ...

O detalhe é o povo

Publicado em quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

 

Silhueta da Babel,

espigões e palafitas

sobre o chão e sob o céu.

Corpos estéreis na gleba,

restos humanos na sarjeta.

vidas rotas em viciosas esquinas;

para quem falta o pão na mesa

resta o "festfood" do lixão,

o cardápio marginal da exclusão.

Em sórdido paradoxo

políticos se deleitam

no orgástico poder

enquanto na frigidez das ruas

a miséria nua e crua

garante o voto

pra perpetuar a bacanal.

Tantos Cristos

sem Josés e sem Marias,

tantas Marias

eternamente Madalenas...

Mas os Herodes

em seus palácios

entoam uníssona cantilena

onde "o povo é um detalhe"

e só o lucro vale a pena.

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Leia mais no Apon HP: Mensagens, poesias, artigos, crônicas, humor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita. Aqui você pode deixar seu comentário. Esse espaço é feito para você. Volte sempre!

Antonio Pereira Apon.

@INSTAGRAM